13 de abril de 2022

A Sexta-Feira Santa, celebrada em 15 de abril, recorda a Paixão e Morte de Cristo. Para os católicos, a data é marcada pelo silêncio, pelo jejum e pela oração. Neste dia não há missas. O seu ponto alto é a celebração das 15h, horário em que Jesus foi morto. Confira a programação das celebrações desta sexta-feira nas paróquias da Arquidiocese de Juiz de Fora:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Com pesar, a Arquidiocese de Juiz de fora comunica o falecimento do Sr. José Lopes Lima, pai do Padre José de Anchieta Moura Lima, ocorrido no início da tarde desta quarta-feira (13). Sr. José tinha 91 anos. O velório será nesta quinta-feira (14), das 7h às 12h, na Capela Mortuária da cidade de Guiricema (MG). O sepultamento será ao meio-dia.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Nesta Quinta-feira Santa, 14 de abril, a Igreja Particular de Juiz de Fora celebra 60 anos de elevação à categoria de Arquidiocese, através da Bula Pontifícia “Qui Tanquam Petrus”, do Papa João XXIII. Este dia ainda marcará a criação da Província Eclesiástica, cuja sede é Juiz de Fora e que também é composta pelas dioceses de Leopoldina e São João del-Rei.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Na Sexta-Feira Santa, os cristãos católicos do Brasil e de todo mundo são convidados a estender seu gesto de caridade contribuindo com a “Coleta para a Terra Santa” nos locais sagrados da fé católica na Terra de Jesus e em todo o Médio Oriente. O lema bíblico extraído dos Atos dos Apóstolos (20, 35)  “Há mais alegria em dar do que receber” anima as doações à coleta. 
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Os primeiros dias da Semana Santa recordam os momentos vividos por Jesus às vésperas de sua morte, como a entrada triunfal em Jerusalém, no Domingo de Ramos, e a traição de Judas. O auge da Semana Maior, contudo, se dá no Tríduo Pascal, iniciado na noite da quinta-feira, com a Missa da Ceia do Senhor e o Lava-Pés, passando pela Sexta-feira da Paixão, o Sábado de Aleluia e culminando no Domingo da Ressurreição. Esses episódios bíblicos são relembrados nas celebrações diárias, mas também através de encenações promovidas por paróquias e grupos.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
A Procissão do Encontro é, sem dúvidas, uma das celebrações mais emocionantes da Semana Santa. Ano após ano, os fiéis têm a oportunidade de presenciar, neste dia, o encontro doloroso entre Maria e seu Filho, Jesus, no caminho do Calvário. Em 2022, a cerimônia foi ainda mais especial, pois os fiéis conseguiram participar presencialmente deste momento que não acontecia há dois anos.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email