Arquidiocese

A partir desta quarta-feira, 25 de janeiro, o Terminal Rodoviário Miguel Mansur, em Juiz de Fora, sediará missas semanais, presididas pelo Padre Erélis Camilo Resende de Paiva. O sacerdote é o Administrador da Paróquia Nossa Senhora da Cabeça, cuja Matriz está localizada a poucos metros da rodoviária.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
A Comunidade Santa Ângela Mérici, pertencente à Paróquia São João Paulo II, inicia nesta quarta-feira (25) a festa em honra à sua padroeira. A programação começa com um tríduo, que irá até o dia 27, quando é celebrada a fundadora da Congregação da Irmãs de Santa Úrsula. As Missas, que contarão com a participação de outras comunidades paroquiais, serão sempre às 19h30.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Com muito pesar, a Arquidiocese de Juiz de Fora comunica o falecimento da Sr.ª Zulmira Lúcia de Souza Pinheiro, mãe do Padre Leonardo de Souza Pinheiro, ocorrido na noite dessa quarta-feira (18), em Juiz de Fora. O velório acontece no Cemitério Parque da Saudade desde às 8h desta quinta (19).
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Com pesar, a Arquidiocese de Juiz de Fora comunica o falecimento da Sr.ª Rita Cecília de Souza, mãe do Padre Sérgio Renato de Souza, ocorrido na madrugada desta quarta-feira (18), em Santos Dumont (MG). O sepultado está marcado para as 16h, no cemitério municipal daquela cidade, onde seu corpo está sendo velado.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
A mobilização para as cerimônias de abertura do Ano Jubilar e Ano Mariano rumo ao centenário da Diocese já começou. O aniversário de 99 anos de fundação da Diocese de Juiz de Fora é celebrado em primeiro de fevereiro, mas sua festa será realizada no primeiro domingo do mês que vem
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
São inúmeros os personagens que marcaram a história da Igreja de Juiz de Fora. Um destes que construíram um grande legado foi Monsenhor Burnier. Ele lutou pela evangelização e inclusão da comunidade surda, um nome importante a ser recordado, principalmente no atual tempo de preparação para o centenário diocesano.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email