março de 2024

Depois de mais de 40 dias, os fiéis puderam voltar a cantar o “Glória” na noite do Sábado Santo, 30 de março. Isso porque a tradicional Vigília Pascal marcou o anúncio da Ressurreição de Cristo, da vitória da vida sobre a morte. Na Catedral, a Celebração Eucarística contou com a presença de centenas de pessoas e foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Na noite da Sexta-feira da Paixão, 29 de março, a Catedral Metropolitana de Juiz de Fora sediou a tradicional cerimônia do Descendimento da Cruz, que recorda o momento em que, após a crucificação, Jesus é retirado do madeiro para ser sepultado. O ato foi iniciado do lado de fora do templo, mas, devido à chuva, foi transferido para o interior da igreja.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Em profundo silêncio foi iniciada Ação Litúrgica Solene da Paixão do Senhor, na Sexta-feira Santa, na Catedral de Juiz de Fora. Sob a presidência do Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, a liturgia teve início às 15h, recordando a morte de Jesus segundo o evangelho de São João.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Dando início ao Tríduo Pascal, em preparação para a grande celebração da Páscoa, a manhã da Quinta-feira Santa (28) foi marcada pela tradicional Missa dos Santos Óleos na Arquidiocese de Juiz de Fora. Celebrada na Catedral Metropolitana, a solenidade, também chamada de Missa da Unidade, foi presidida pelo Arcebispo de nossa Igreja Particular, Dom Gil Antônio Moreira, e reuniu todo o Clero em torno do altar na festa da instituição do sacerdócio cristão, da Sagrada Eucaristia, do mandamento do amor e do serviço do lava-pés.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email