Tema do Ano Vocacional é refletido no Retiro Anual do Seminaristas da Arquidiocese

Foto: Pascom do Seminário Santo Antônio

Entre os dias 18 e 21 de fevereiro, no Seminário Santo Antônio, o retiro anual dos seminaristas. O tema proposto para meditação foi “Corações ardentes, pés a caminho”, que é o lema do 3º Ano Vocacional do Brasil. As reflexões foram conduzidas pelo Arcebispo Emérito de São Luís (MA), Dom José Belisário da Silva, OFM.

Entre os momentos de silêncio e oração, as pregações trataram de fazer os presentes pensarem em seu chamado. Para Caio Rezende, seminarista do 1º ano da Filosofia, o encontro foi uma oportunidade de pensar na aliança com Deus. “O retiro nos fez ver que, como vocacionados, nossa primeira ação deve ser a de levar o coração de mais e mais irmãos a refletir, levá-los a inquietação e o desejo de responder o seu chamado. A experiência foi de grande alegria, sendo um momento de aprofundamento espiritual no meu chamado. Tempo em que pude rever todos os passos dados na minha caminhada vocacional, buscando amadurecer cada dia mais a minha vocação”, contou ele.

Dom Belisário tratou do frisar que Deus chama a todos e o faz para conduzir-nos à santidade. “Naturalmente, na medida que participarmos da vida de Deus, é que chegamos, de fato, à santidade.  A vocação da Igreja é uma vocação para o mundo, para o reino. Assim também é a vocação pessoal de cada um de nós, é um chamado ao povo”, disse o pregador do encontro.

Segundo o Reitor do seminário, Padre Antônio Camilo de Paiva, momentos como esse são imprescindíveis para a formação dos futuros sacerdotes, pois a dimensão espiritual, trabalhada no retiro, se relaciona com as outras dimensões. “Eu até diria que ela tempera todas as outras dimensões, intelectual, humana, afetiva, sexualidade, psíquica, relacional. Então é um momento rico, é um momento necessário para a formação”.

Veja Também