São Judas Tadeu é celebrado com grande festa no bairro Furtado de Menezes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

A última quinta-feira, 28 de outubro, foi especial para a comunidade do Bairro Furtado de Menezes por conta da festa de seu padroeiro. O Santuário São Judas Tadeu celebrou o dia dedicado ao santo das causas impossíveis com suas tradicionais missas, de duas em duas horas.

Muito satisfeito com toda a festividade, Padre Laureandro Lima da Silva, pároco local, falou sobre o significado dela. “Essa festa é o momento para a gente renovar a nossa vida de fé, a nossa esperança. São Judas é nosso grande intercessor! Tivemos várias celebrações, momentos marcantes. A gente agradece muito a Deus pela festa deste ano.

Segundo o sacerdote, cerca de 2 mil pessoas puderam participar das oito celebrações ocorridas no Santuário ao longo do dia. “No ano passado tivemos desafios maiores, em relação a pandemia, mas graças a deus esse ano conseguimos realizar a festa. E queremos que no próximo ano, possamos celebrar uma festa marcada pela presença maior dos nossos devotos”, explicou Pe. Laureandro.

A Missa de Encerramento da festa de São Judas foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, e concelebrada pelos padres Laureandro Lima e Carlos Augusto Alves dos Santos, Vigário da Paróquia Santíssima Trindade.

Durante a Eucaristia, o Pastor recordou a história de São Judas e São Simão, mártires e apóstolos de Cristo. Além disso, Dom Gil orientou a todos a permanecerem em oração, rogando a intercessão dos santos.  “Hoje meditamos por essa doação que os apóstolos nos dão exemplo. Temos pedir as graças, inclusive aquelas difíceis, através de São Judas, porque para Deus nada é impossível.  Mas também devemos procurar imitá-los na fidelidade a Cristo, ainda que venham sofrimentos até a morte.”

Benção dos objetos

“São Judas é um intercessor na mediação com Jesus Cristo para nos trazer aquilo que nós necessitamos nessa caminhada para o céu. Uma oração bonita de São Judas, que eu rezo é: ‘quando tudo não parece ter mais solução, vós nos atendeis com vossa intercessão’. Para Deus nada é impossível!”, disse Dom Gil.

Na oração ao padroeiro, ao final da Missa, o Arcebispo pediu a todos que roguem ao padroeiro das causas impossíveis pelo fim da pandemia. Na sequência, ele abençoou os objetos de devoção e deu a benção final com as relíquias de São Judas.

Veja Também