Romaria marca 25 anos de peregrinação da Pastoral Afro-Brasileira a Aparecida

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Neste sábado (06), o Santuário Nacional de Aparecida acolhe a Romaria das Comunidades Negras. Os peregrinos participam da missa das 12h, na Basílica de Aparecida. O presidente da celebração é o Arcebispo de Feira de Santana, na Bahia, e Bispo referencial da Pastoral Afro-Brasileira da CNBB, Dom Zanoni Demettino Castro.

A 25º edição da Romaria reúne representantes de Pastorais Afro-Brasileiras de várias dioceses do pais. A presença dos fiéis no Santuário Nacional marca o início das comemorações do mês da Consciência Negra. “A maioria do nosso povo brasileiro é afrodescendente, milhões de africanos foram arrancados de sua terra e trazidos para cá”, destaca Dom Zanoni.

A reflexão que norteará o encontro é “A Pastoral Afro-Brasileira nos 25 anos de romaria, junto com a Mãe Negra”. A cada edição do encontro na Basílica, um tema é proposto para promover a conscientização do povo católico.

Acolher movimentos como este demostra os cuidados que a Igreja possui para com todos os povos. “Esse povo que somos chamados a cuidar como Igreja, como pastores fazer aquilo que o nosso mestre Jesus fez. Por isso, nós nos reunimos no Santuário da Mãe para pedir que cuide do nosso povo, que defenda a vida da nossa gente”, conclui Dom Zanoni Demettino Castro.

A celebração tem transmissão pela TV Aparecida e redes sociais do Santuário Nacional.

Fonte: Portal A12

Veja Também