Primeira missa da Quarta-feira Santa lembrou a traição de Judas

0

Na manhã desta Quarta-feira Santa, dia 17 de abril, o arcebispo metropolitano de Juiz de Fora presidiu a primeira Celebração Eucarística do dia na Catedral. Com ele, concelebrou o vigário paroquial, Padre José Maurício de Paula. A missa teve, ainda, a participação do diácono Waldeci Rodrigues da Silva.

A celebração lembrou o momento em que Jesus foi traído por um de seus Apóstolos. “Na missa de hoje nós celebramos a traição de Judas. Ele foi um dos Apóstolos que recebeu a confiança do Senhor, inclusive para ser o tesoureiro do grupo. Mas este mesmo acabou caindo na grande infidelidade e traindo a Cristo. O Senhor, contudo, foi fiel ao Pai até o fim. Nem as torturas, nem a morte o afastaram do projeto do Pai. E a pergunta que se faz no dia de hoje é a seguinte: a quem queremos seguir? Aos traidores ou a Cristo?”, refletiu Dom Gil.

Após a celebração, os fiéis foram atendidos para confissões individuais na parte da manhã. Ainda nesta quarta-feira (17), haverá celebração na Catedral Metropolitana às 19h, seguida de Via-Sacra. No mesmo horário, Dom Gil celebrará o Ofício das Trevas na Paróquia São Mateus, no bairro homônimo.

*Colaboração: Leandro Novaes

 

Conteúdo Relacionado
X