Paróquias promovem campanhas em prol de famílias carentes

0

O Tempo Pascal tem sido marcado por iniciativas de solidariedade em paróquias da Arquidiocese de Juiz de Fora. No último domingo (11), por exemplo, quando a Igreja celebrou a Festa da Divina Misericórdia, a Paróquia São Miguel e Almas, de Santos Dumont (MG), arrecadou quase uma tonelada de alimentos não-perecíveis em prol de famílias carentes da cidade.

*Foto: Facebook da Paróquia São Miguel e Almas

Os produtos foram recolhidos durante um cortejo com o Santíssimo Sacramento, durante o qual os fiéis puderam depositar, no chamado “carro da misericórdia”, as suas doações. “É também um gesto de misericórdia ajudar àqueles que necessitam. Foi um gesto muito bonito que, com certeza, neste tempo de pandemia, vai ajudar muitas e muitas famílias que necessitam do nosso apoio. Que Deus derrame muitas bênçãos para que não falte nada àqueles que nos ajudaram”, disse o Administrador Paroquial, Padre Eder Luiz Pereira. A União de Promoção e Assistência Social Sandumonense (UPAS) recebeu os itens arrecadados na quarta-feira (14).

*Foto: Facebook da Paróquia São José

Já a Paróquia São José, localizada no Bairro Costa Carvalho, em Juiz de Fora, já começou a distribuir as quase 3.500 caixas de bombons arrecadadas durante a Semana das Dores e a Semana Santa. O gesto concreto foi um pedido do Padre Pierre Maurício de Almeida Cantarino. “Todos os anos, na Quinta-feira Santa, aqui na paróquia, a gente realizava uma ceia, em que, ao final da Santa Missa, as pessoas partilhavam o pão, frutas, alimentos. Este ano, devido à pandemia, como nós não pudemos celebrar presencialmente, nós pensamos em fazer uma mesa da caridade para que, embora as pessoas não estivessem aqui, o gesto delas de doar, de amor, de seguimento de Jesus, existisse”, explicou o sacerdote.

“Nós pedimos às pessoas que enviassem para a igreja caixas de bombons. Sendo assim, elas estariam aqui representadas, em cada caixa de bombom, e também estaríamos vivendo o ensinamento que de fato representa a Páscoa, que é a caridade, o gesto de amor para com aquele que não tem”, ressaltou Padre Pierre. Metade dos itens arrecadados já foram entregues a instituições de Juiz de Fora, a crianças carentes de alguns bairros da cidade e a pessoas em situação de rua.

Conteúdo Relacionado
X