Nossa Senhora da Cabeça é festejada em comunidades da arquidiocese

No dia 12 de agosto, a Igreja celebra Nossa Senhora da Cabeça, uma devoção mariana de origem espanhola teve início na região da Andaluzia. No Brasil, os fiéis que padecem de cefaleia e as mães de filhos com problemas escolares recorrem a ela para a solução de seus males.

Em Juiz de Fora, a paróquia do bairro São Dimas dá início, nesta quinta-feira (3), a novena em preparação à tradicional festa de sua padroeira. Este ano, o tema da festa será “Maria, Mãe da Cabeça, corações ardentes, pés a caminho, rumo ao centenário diocesano.” Todos os dias, às 19h30, ocorrem as orações.

No dia 6 de agosto, próximo domingo, das 11h às 13h, será realizada um almoço beneficente em prol da reforma da matriz. O cardápio é arroz, tutu, macarrão e pernil. O marmitex será vendido por R$ 15.

No dia 12, dedicado à Nossa Senhora da Cabeça, as missas festivas serão às 5h, 7h, 9h, 11h, 13h, 15h e 19h, sendo a última antecedida de procissão. A Paróquia Nossa Senhora da Cabeça fica localizada na Rua Anita Garibaldi, s/nº – São Dimas.

Em Santana do Garambéu (MG), a comunidade rural de Pedra Negra também celebrará Nossa Senhora da Cabeça com novena nas casa, entre 3 e 10 de agosto. No último dia da novena, todos se reúnem para rezar na igreja, às 18h. No sábado (12), haverá confissão, procissão e Missa Festiva, a partir das 17h. Em seguida, acontece leilão.

Veja Também