Missa na Quinta-Feira Santa relembra a Última Ceia e o Lava-Pés

0

Na noite da Quinta-feira Santa (18), a Celebração Eucarística recorda o episódio da Última Ceia, na qual Jesus Cristo ofereceu o seu Corpo e Sangue sob as espécies do Pão e do Vinho. Durante a missa, que abre o Tríduo Pascal, ocorre ainda a cerimônia do Lava-Pés e o sermão do Novo Mandamento.

Na Catedral de Juiz de Fora, a celebração foi presidida pelo arcebispo metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira. A missa foi concelebrada pelo vigário geral da Arquidiocese e pároco da Catedral, Monsenhor Luiz Carlos de Paula, e pelo vigário paroquial Padre Luiz Eduardo de Ávila, e ainda teve a participação do diácono Waldeci Rodrigues da Silva.

Em entrevista, dom Gil explicou que a Missa da Ceia do Senhor é a abertura do Tríduo Pascal. “Nesta celebração se faz o Lava-Pés e se celebra a Instituição da Eucaristia e do Sacerdócio. Começamos com essa celebração justamente a nossa Páscoa. A Páscoa Cristã é constituída de três dias: é de hoje até amanhã ao entardecer, de amanhã até o entardecer de sábado e deste para o domingo”.

O arcebispo destacou a importância da celebração da Quinta-feira Santa. “Hoje celebramos a Instituição da Eucaristia, quando Jesus se dá no pão. E também a lição do Lava-Pés, o serviço; quem quiser ter parte com o Senhor deve estar disposto a servir o irmão. Depois a Eucaristia é transportada para uma capela especial onde recebe adoração dos fiéis”.

Após a homilia, dom Gil fez como Jesus: lavou os pés de 12 jovens, que representaram, na ocasião, os discípulos de Cristo. Logo após, o pastor consagrou o Pão e o Vinho, dados em comunhão às centenas de pessoas presentes na Catedral.

No final da missa, fez-se a chamada Procissão do Translado do Santíssimo Sacramento do altar-mor da igreja para o salão paroquial. Ali, houve adoração ao Santíssimo durante algumas horas.

*Fonte: Site da Catedral Metropolitana

Conteúdo Relacionado
X