Dom Gil visita instalações do Instituto Padre João Emílio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora visitou o Instituto Padre João Emílio na manhã da última quinta-feira (30). Acompanhado dos diretores da instituição, os padres Liomar Rezende de Moraes e João Francisco Batista da Silva, Dom Gil Antônio Moreira teve contato com as últimas reformas promovidas no local, que atende a 135 crianças em situação de vulnerabilidade social.

Além do novo pórtico de entrada e do estacionamento inaugurados em novembro, nos últimos meses as salas do segundo andar do Instituto receberam pintura, carteiras e cadeiras renovadas. “Nós buscamos realizar algumas reformas para proporcionar às crianças um ambiente agradável para o aprendizado e para o desenvolvimento delas, assim ampliando a possibilidade de recebermos mais crianças”, apontou o Diretor-Tesoureiro, Padre Liomar.

O Diretor-Pedagógico da instituição, Padre João Francisco, falou das mudanças implementadas no método de ensino, com a adaptação do Projeto Acorde. “Agora, depois da pandemia, nós fizemos um projeto diferente, que é de integrar a música ao processo formativo do Instituto Padre João Emílio. Então, ao lado do reforço escolar e das atividades pedagógicas, nós temos a música como um elemento integrador. A música tem essa capacidade de ajudar a criança a aprender, de ser um espaço de descontração, mas também de ativar outras dimensões do aprendizado.”

Dom Gil, que é o Presidente da Associação de Assistência Social Padre João Emílio, lembrou que cada criança atendida ali representa uma família. “São crianças carentes, de famílias muito carentes, que nós procuramos ajudar na educação integral: tanto física, quanto intelectual, moral e espiritual.”

Atualmente, a capacidade de atendimento do Instituto Padre João Emílio é de duzentas crianças. Para concorrer às vagas remanescentes, as famílias interessadas precisam entrar em contato com o setor de Serviço Social da instituição, através do telefone (32) 3031-7532. Novas crianças devem ser admitidas no mês de agosto, lembrando que o local atende aos pequenos entre 5 e 11 anos de idade, no contraturno escolar.

Veja Também