Celebrar a caridade

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

No dia 19 de julho é comemorado o Dia da Caridade. A data é um convite para a reflexão e para um gesto concreto em favor dos mais necessitados. E para fazê-lo não há hora certa e, a todo momento, podemos demonstrar o nosso amor com os mais necessitados.

Cada fiel pode bem viver esse momento participando das obras sociais em sua paróquia. Na Catedral, por exemplo, existem três grandes trabalhos que contam com as doações para se manterem ativos. São eles:

– SOS Cristão: assistência a cerca de 200 famílias necessitadas cadastradas pela igreja.

Como ajudar: necessitamos de doações de alimentos não perecíveis, roupas e calçados.

Coleta: as doações podem ser entregues na recepção paroquial, de segunda a sexta, das 07h30 às 18h30 ou no sábado, das 07h30 às 11h30. Também podem ser feitas através de transferência bancária, depósito em nossa conta (Caixa Econômica – Mitra Arquidiocesana de Juiz de Fora – Catedral CC 121-7 / Ag. 3065 / Op. 003) ou pelo PIX (21606025000294), para que a sua doação seja transparente pedimos a gentileza de enviar o comprovante através do nosso WhatsApp (32) 98867-0419.

– Grupo São José: assistência as gestantes necessitadas.

Como ajudar: precisamos de doações de artigos para bebês, como roupinhas, mamadeiras, banheiras, chupetas, mantas etc., além de material que possa servir para confecção de enxovais, como tecidos, linhas, fitas, retalhos etc.

Coleta: as doações podem ser entregues na recepção paroquial, de segunda a sexta, das 07h30 às 18h30 ou no sábado, das 07h30 às 11h30.

– Campanha do Agasalho: realizada sempre no período de inverno

Como ajudar: precisamos de agasalhos (calças, blusas, luvas, cachecóis, meias) e cobertores para moradores de rua e outras pessoas que necessitam.

Coleta: as doações podem ser entregues na recepção paroquial, de segunda a sexta, das 07h30 às 18h30 ou no sábado, das 07h30 às 11h30.

No entanto, lembramos que esse tipo de trabalho pastoral está presente em todas as paróquias basta procurar a secretaria da paróquia mais próxima de você para conhecer as obras e saber como contribuir.

*Colaboração: Site da Catedral Metropolitana

Veja Também