Barco leva esperança e fé até as cidades que margeiam o Rio Amazonas

Barco doado pela ACN/ Foto: ACN
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

A Prelazia de Itacoatiara está às margens do Rio Amazonas, a 270 quilômetros de Manaus. A área de 59 mil quilômetros quadrados reúne uma população de 200.000 habitantes. Neste ano, além da pandemia do coronavírus, ocorreu a maior cheia já registrada do Rio Amazonas. O fenômeno deixou 6 municípios da Prelazia em estado de emergência e obrigou que grande parte da população procurasse outras moradias.

Só na cidade de Itacoatiara, sede da Prelazia, 1.400 famílias foram afetadas pela cheia. Agora, no período de evasão das águas surgem outros problemas. O objetivo atual é recuperar as casas e comércios, além de enfrentar a maior incidência de animais venenosos, como cobras e escorpiões. Foram mais de 100 casos de ataques desses animais no primeiro semestre, apenas na cidade de Itacoatiara.

Quase metade da população da Prelazia está espalhada pelas mais de 200 comunidades ribeirinhas. Para atender todo esse povo, há apenas 16 sacerdotes, entre eles o Padre Bruno Nirmal, que está na Paróquia Cristo Rei.

O grande desafio dessa paróquia é que, das 45 comunidades atendidas pelo Padre Bruno, 42 são ribeirinhas. Para visitar apenas uma dessas comunidades, muitas vezes é preciso 10 horas viajando de barco. E isso aconteceria, se a paróquia tivesse um barco. “As viagens ficavam limitadas a quando conseguíamos algum recurso para alugar uma embarcação e realizar as visitas”, conta o Padre Bruno.

Doação de barco

Frente a esse desafio, Dom José Ionilton, bispo de Itacoatiara, enviou um pedido de ajuda à ACN para a compra de um barco de alumínio, a fim de que a paróquia pudesse atender suas comunidades. O pedido foi aceito e a primeira viagem aconteceu já no final de julho.

Padre Bruno agora partilha muito feliz por poder realizar melhor sua missão: “A primeira viagem foi ótima! Esse barco nos ajuda a estar nas comunidades ribeirinhas mais rápido, o que nos possibilita aumentar o número de visitas. Já fomos a três comunidades visitando as casas, fazendo formação para os líderes, missas e batismos. A fé do povo é muito forte, eles têm sede de Missa, da Eucaristia, de Deus. Quando eles recebem a visita do sacerdote, eles param tudo e dedicam esse dia para participarem da Missa, da oração do Terço e das formações, com todo o coração.”

A gratidão de Padre Bruno vem na forma de oração: “Em nome da paróquia eu expresso minha gratidão para os benfeitores da ACN pela sua doação. Só juntos podemos construir o Reino de Deus. Com certeza a recompensa de Deus será muito grande. Eu garanto: vocês estão em minhas orações!”

Dom Ionilton também abençoa os benfeitores da ACN e incentiva para que sejam sempre essa mão amiga para a missão: “Rogo a Cristo Rei do Universo muitas bênçãos para os benfeitores da ACN, para que continuem ajudando a Igreja na Amazônia, que tanto necessita”.

Fonte: Site Notícias Canção Nova

Veja Também