Arcebispo e Colégios Católicos enviam à Prefeitura de Juiz de Fora carta em defesa do retorno imediato às salas de aula

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, juntamente com as Escolas Católicas da cidade, enviou uma carta à Prefeitura de Juiz de Fora, a respeito da volta às aulas. O documento foi protocolado na última quarta-feira (18).

Endereçada à Prefeita Margarida Salomão, a carta foi assinada por todos os diretores de colégios católicos, representando milhares de famílias. O objetivo do documento é solicitar o retorno imediato das aulas presenciais ou híbridas na cidade.

Na carta, o Arcebispo externaliza sua preocupação com as consequências geradas nas crianças e adolescentes. “Com milhares de adolescentes fora das salas de aula, o aprendizado está sendo comprometido, sem contar o fator emocional que também pesa sobre crianças e adolescentes, que, ansiosas com o demasiado tempo de tela e sem a presença de colegas da mesma faixa etária, sofrem ainda mais”, diz um trecho.

No texto é manifestada compreensão pela decisão tomada até o momento, no entanto, pede-se confiança nos cuidados preventivos e avanços adquiridos no combate a pandemia. “É preciso um ato de confiança na ciência, em Deus, na vida. É hora de voltarmos com as nossas tão salutares aulas escolares”.

O retorno seguro das aulas presenciais na cidade vem sendo amplamente discutido na cidade. O assunto foi tema da primeira Audiência Pública deste mês da Câmara Municipal de Juiz de Fora. Na ocasião, foram ouvidos representantes da Prefeitura de Juiz de Fora, do Ministério Público de Minas Gerais, de sindicatos, associações e entidades de mães e pais de alunos. Durante a fala da Secretária Municipal de Educação, Nádia Ribas, foi sinalizado que retorno às salas de aula deve acontecer até o fim de setembro.

Clique aqui e confira a carta na íntegra.

*Com informações do site da Câmara Municipal

Veja Também