26/12/2022

Noite de festa e de reflexão foi a Vigília de Natal, que aconteceu no sábado, dia 24, na Catedral. Centenas de pessoas marcaram presença na missa que foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, concelebrada pelo Pároco da Catedral, Padre João Paulo Teixeira Dias, e por nossos vigários. Também participaram os Diáconos permanentes, Antonio e Waldeci.
O Natal é a festa da união do Céu com a Terra. É a festa do olhar de Deus para a humanidade. Além disso, cabe-nos dizer que o Natal tem origem na Santíssima Trindade. Afinal, dela vem o Espírito Santo para fecundar o seio de Maria; dela é que nasce Jesus em Belém, Verbo que se fez carne, para ser o nosso Salvador.
“Como os pastores de Belém, deixemo-nos envolver pela luz e saiamos para ver o sinal que Deus nos deu. Vençamos o torpor do sono espiritual e as falsas imagens da festa que fazem esquecer Quem é o Festejado. Saiamos do tumulto que anestesia o coração induzindo-nos mais a preparar ornamentações e prendas do que a contemplar o Evento: o Filho de Deus nascido para nós.” Essa foi a exortação do Papa na tradicional Mensagem de Natal e Bênção Urbi et Orbi.