“Solidariedade em Rede” acolhe doações para amparar os desabrigados pelas chuvas na Região Metropolitana de BH

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

As comunidades de fé da Arquidiocese de Belo Horizonte, com a articulação do nosso Vicariato Episcopal para Ação Social, Política e Ambiental (Veaspam), estão unidas para ajudar as vítimas e os desabrigados pelas chuvas na Região Metropolitana da capital mineira, por meio da Solidariedade em Rede, que reúne paróquias da Arquidiocese.

A Solidariedade em Rede está mobilizado para ajudar os nossos irmãos a superar este momento tão difícil, onde muitos deixam suas casas e seus pertences. A situação se agravou muito nas últimas 24 horas. São centenas de famílias atingidas. Diversos pontos de acolhimento dos desalojados e desabrigados estão funcionando na Arquidiocese de Belo Horizonte, assim como pontos para recebimento de donativos. Uma grande rede se formou para acolher o trabalho de voluntários dispostos a ajudar. As doações em valores podem ser feitas por meio de duas contas bancárias.

“Um grande mutirão pela vida se formou no horizonte bonito da nossa iniciativa: Solidariedade em Rede. Muitas famílias estão desabrigadas, especialmente em Brumadinho, no Vale do Rio Paraopeba, em Santa Luzia e Raposos. Agora mesmo, evangelizadores levam o amparo aos desabrigados dessas regiões”, explica o arcebispo, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, nos lembrando o quanto a generosidade é necessária: “Pessoas que perderam as suas casas, o pouco que possuem, e agora precisam da nossa ajuda, dos nossos gestos concretos que conferem autenticidade à nossa fé”.

Neste momento a situação é críticas em diversas cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Betim, Brumadinho, Ibirité, Nova Lima (Honório Bicalho), Raposos, Rio Acima, Sabará, Santa Luzia. Todas recebem acolhimento da Solidariedade em Rede. Mais de 400 pessoas estão desabrigadas em Brumadinho e região. No Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora do Rosário, 75 pessoas foram acolhidas. O abastecimento de água está comprometido.

O Solidariedade em Rede, da Arquidiocese de BH, recebe recursos para os desabrigados por meio de duas contas bancárias. Dom Walmor reforça o pedido: “Peço a cada pessoa, venha conosco ajudar as vítimas das chuvas, que perderam suas casas, roupas, alimentos, sendo acolhidas provisoriamente em diferentes lugares. Solidariedade exercida em rede, um convite permanente, na tarefa de efetivarmos, sempre mais a amizade social, conforme nos pede o Papa Francisco. Cuidemos uns dos outros, todos irmãos, corresponsáveis pela defesa da vida, agora, urgentemente, dedicando especial atenção às vítimas das chuvas.”

O Solidariedade em Rede também acolhe voluntários para ajudar nas seguintes ações: evacuação, acolhimento, atendimento psicológico, cozinha e alimentação e comunicação.

Onde doar:

Transferências ou PIX

Providens Ação Arquidiocesana Social
Banco Santander – Ag. 3476
Conta corrente- 13077880-2

CNPJ: 17.272.998/0001-86

Vicariato para Ação Social
Banco do Brasil – Ag. 3494-0
Conta corrente – 26227-7
CNPJ: 17.505.249/0280-80

Fonte: Site do Regional Leste 2

Veja Também