Sínodo Arquidiocesano é tema principal da Reunião do Clero

0

Na última terça-feira (22) os padres e diáconos da Arquidiocese de Juiz de Fora estiveram juntos para mais uma reunião do clero. Na parte da manhã foi realizado o estudo do Documento da Igreja número 48 – A Sinodalidade na Vida e na Missão da Igreja, preparando a todos para a abertura litúrgica do II Sínodo Arquidiocesano que acontecerá neste domingo, às 15h, na Catedral Metropolitana.

Em entrevista, o arcebispo metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, explicou a importância da reunião. “Primeiro, é um momento de confraternização de todo o clero, espalhado ali por 91 paróquias 37 cidades, também pessoas que estão em missão, em Óbidos, os nossos relacionamentos do Haiti – tudo isso faz parte da reunião clero, mas também as coisas práticas, como vamos continuar trabalhando, os aspectos que devemos melhorar, ampliar, tudo isso nós fazemos quando nos encontramos na reunião”, afirmou ele.

Alguns dos presentes, os padres Luciano Atanásio, Monsenhor Luiz Carlos, Pe. José de Anchieta e pe. José Domício (da esquerda para a direita) atentos.

Padre Vanderlei Santos de Sousa, CSsR, Secretário do II Sínodo Arquidiocesano, comentou sobre o momento. “Esta reunião está sendo muito importante porque nós estamos tendo oportunidade de fazemos uma revisão, enquanto Arquidiocese de Juiz de Fora que está se preparando para abrir o nosso sínodo. Porque está sendo um dia para estudo, para aprofundamento e de nos prepararmos para viver esse grande momento que é o sínodo, o encontro da Igreja”, falou o sacerdote.

Na parte da tarde comunicações habituais foram feitas. Entre os temas abordados, o encontro de casais, o mês do dízimo, a novena de natal, dentre outros. Frei Carlos Roberto de Oliveira Charles, OFMConv., da Comissão Arquidiocesana para a Novena de Natal, apresentou o assunto. “Estamos aqui reunidos e congregados hoje também para apresentar o trabalho concluído da novena de natal em família para o ano de 2019, uma equipe nova, um texto bem elaborado, com bastante novidades. Motivamos que toda nossa arquidiocese possa viver com intensidade essa preparação para o Natal do Senhor”.

Conteúdo Relacionado
X