Sermão, descendimento da cruz e procissão encerram Sexta-feira da Paixão

0

*Colaboração: Assessoria de Comunicação da Catedral Metropolitana

Durante a manhã, foi realizada a Via-sacra pelas ruas da cidade. Conduzidos pelo pároco da Catedral, Mons. Luiz Carlos de Paula e pelos diáconos Waldeci e Weligton e Ana Chevitarese.Milhares de pessoas passaram pela Catedral na Sexta-feira da Paixão, 18 de abril. O dia foi marcado pelo silêncio, reflexão e oração, na celebração que relembrou a morte e a paixão de Jesus.

Após a Ação Litúrgica, às 15h, que foi conduzida pelo arcebispo Dom Gil Antônio Moreira, aconteceu, às 19h, o momento do descendimento da cruz e em seguida, a procissão do enterro.

Este ano, o Sermão do descendimento foi proferido pelo Padre José de Anchieta Moura Lima e ao final, foi realizada uma procissão pelas ruas da região central da cidade, com as imagens do Senhor Morto e de Nossa Senhora das Dores. 

Durante o Sermão o padre fez com que os fiéis refletissem quem foi Jesus e como Ele agiu durante a vida. Em um momento de muita oração e reflexão, milhares de fiéis em silêncio repensaram as suas ações. 

“Nós todos aqui somos convidados a compadecer e a solidarizar-se com Ele, a abrir o coração totalmente a Jesus e tê-lo como centro da minha vida. É importante aprendermos a relacionarmos conosco, com o outro e principalmente com Deus”, afirmou o sacerdote.

 

Conteúdo Relacionado
X