Seminário Diocesano Nossa Senhora de Guadalupe é reinaugurado em Juiz de Fora

Na última segunda-feira (8), a Diocese de Leopoldina reinaugurou o Seminário Diocesano Nossa Senhora de Guadalupe, em Juiz de Fora (MG). Para marcar oficialmente sua abertura, após mais de dois anos de reformas, o espaço foi abençoado e foi celebrada Missa com rito de Sagração do Altar.

A Solene Celebração Eucarística foi presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Edson Oriolo e concelebrada pelo Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, pelo Reitor do Seminário Nossa Senhora de Guadalupe, Pe. Paulo Roberto Gomes e pelo padre João Victor Melo Martins, membro do Conselho de Formação da Diocese de Leopoldina. Estiveram presentes membros do clero diocesano, diáconos, seminaristas, além do Pe. Jorge Luis Duarte, representando os formadores do Seminário Arquidiocesano Santo Antônio.

Para Dom Gil, a inauguração é uma grande alegria para a Arquidiocese também, pois a presença do Seminário Nossa Senhora de Guadalupe é sinal de comunhão da Província Eclesiástica. “A presença da Diocese de Leopoldina, em Juiz de Fora, é muito expressiva; estão aqui há muitos anos, como alunos no nosso Seminário, mas também muitos são os professores da diocese que tem servido a nossa formação acadêmica e espiritual dos nossos alunos. Por isso, eu quero louvar a Deus por esse empreendimento, e pedir que Nosso Senhor abençoe cada vez mais essa casa, para que forme sacerdotes sábios e santos para a Igreja de Deus”.

Dom José Eudes, Bispo de São João Del Rei e Pe. Edmilson Ferreira de Souza, Pároco da Paróquia São José, de Além Paraíba (MG), foram os idealizadores e executores da obra de revitalização do Seminário, iniciadas em abril de 2018. Durante a celebração, tanto Dom Gil como Dom Edson Oriolo, agradeceram a ambos pela iniciativa, que resultou em uma bela obra.

Em entrevista, o Bispo de Leopoldina falou sobre a importância da obra e sobre abertura oficial da casa. “Foi totalmente revitalizada para acolher com maior dignidade, com maior carinho, com maior amor, os candidatos ao seminário. Dentro dessa casa de formação temos a capela. Hoje o altar foi dedicado. O altar é importante na vida da Igreja, porque representa o próprio Cristo, é um lugar que os seminaristas vão ter para dobrar os joelhos, para discernir sobre a sua vocação (…), para a gente construir uma sociedade mais justa, mais fraterna, que seja sinal do Reino dos Céus.”

Durante a homilia, Dom Edson frisou o valor do altar, em vista da cerimônia de dedicação do mesmo na capela do Seminário, realizada a seguir, e também pela finalidade da casa de formação, pois segundo ele, é no altar “que Cristo prepara os corações daqueles que foram escolhidos para o serviço sacerdotal”.

O Reitor do Seminário Nossa Senhora de Guadalupe, Padre Paulo Roberto Gomes, relatou a satisfação vivenciada.  “Durante dois anos nós esperamos a reforma desta casa. Mudamos para cá no finalzinho de maio, mas ainda tinham muitas coisas para arrumar. [A celebração de hoje] marca oficialmente a benção desta nova residência, totalmente reformada, e da capela. Local que nós temos muito carinho, onde serão formados os novos pastores da nossa Igreja”.

O Seminário Diocesano Nossa Senhora de Guadalupe fica localizado na Rua São Jorge, 157 – Granbery. Atualmente, o local acolhe os seminaristas que estão nas etapas discipular e configurativa.

*Com informações da Assessoria de Comunicação da Diocese de Leopoldina

Veja Também