Seguem abertas as inscrições para o Seminário de Iniciação à Vida Cristã

De 15 a 17 de julho, será realizado o Seminário de Iniciação à Vida Cristã para Seminaristas em Brasília (DF). O evento será promovido pela Comissão Episcopal para a Animação Bíblico-Catequética e a Comissão Episcopal para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada com o apoio das Pontifícias Obras Missionárias (POM).

O seminário terá como temática principal “A importância da Catequese na formação do futuro presbítero” e será realizado na Casa Dom Luciano. Seu objetivo é o de reforçar o espaço que a Iniciação à Vida Cristã e a dimensão catequética ocupam na formação dos candidatos ao presbitério.

A catequese na vida dos discípulos missionários de Jesus Cristo 

A Iniciação à Vida Cristã no Brasil é um itinerário que tem ajudado as comunidades no processo de formação dos novos discípulos missionários de Jesus Cristo. É um caminho que envolve todos, inclusive os ministros ordenados.

Segundo o assessor da Comissão para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB, Padre Wagner Carvalho, o dia a dia tem mostrado que a qualidade da catequese nas comunidades depende também do envolvimento do presbítero no processo da educação da fé.

Padre Wagner reforça: “Germinar essa mentalidade na formação inicial nos seminários e casas de formação é fundamental para alargar a compreensão e a missão com a qual o futuro presbítero é chamado a realizar essa tarefa indispensável”.

De acordo com Padre Wagner, o Seminário deseja reforçar o espaço que essa prática possui na vida do ministro ordenado e como a catequese, enquanto disciplina, pode auxiliar no itinerário de compreensão e vivência.

“De fato, a qualidade da catequese de uma comunidade depende também dos ministros ordenados que cuidam dela. Por este motivo, ao longo do processo formativo dos candidatos às sagradas Ordens, não pode faltar uma instrução específica sobre o anúncio e a catequese (cf. OT 19)”.

Os frutos da boa formação 

A compreensão e o desenvolvimento sobre a catequese traz muitos frutos para a vida da Igreja. Padre Wagner continua: “Uma adequada formação dos futuros presbíteros e dos diáconos permanentes neste âmbito poderá verificar-se depois em sinais concretos: paixão pelo anúncio do Evangelho; capacidade para catequizar os fiéis; espírito de discernimento; disponibilidade para formar os catequistas leigos, para colaborar com eles entre outros. (DC n. 151)”.

Informações e inscrições 

Para mais informações sobre o evento, acesse o site da CNBB.

Fonte: Site Canção Nova

Veja Também