Santa Missa marca posse de novo administrador e instalação de seminário na Paróquia Nossa Senhora da Cabeça

0

Na manhã do último domingo, 29 de janeiro, a Paróquia Nossa Senhora da Cabeça, do Bairro São Dimas, acolheu seu novo administrador paroquial, o Padre Marcos Ribeiro Silvestre, em Santa Missa na Matriz. O sacerdote é oriundo da Diocese de Valença/RJ e além de ser responsável pela paróquia, será o reitor do Seminário Maior São João XXIII, pertencente àquela diocese e erigido durante a missa de posse.

A Solene Celebração Eucarística foi presidida pelo arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, e concelebrada pelo bispo da Diocese de Valença, Dom Nelson Francelino Ferreira, além de padres das duas Igrejas Particulares. O diácono Márcio Ramos de Castro e seminaristas auxiliaram na realização da Santa Missa.

Durante a homilia, Dom Gil comentou o fato de as leituras do dia destacarem a importância da humildade e da capacidade de abdicar dos bens materiais. Segundo o arcebispo, a primeira bem-aventurança – “Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos Céus” – resume as demais. “Pobre de espírito é aquele que tem espírito de pobreza, de humildade, o espírito de Jesus Cristo, que escolheu ser pobre. A riqueza de Jesus é imaterial”, afirmou.

No final da celebração, Dom Nelson leu o decreto de instalação do Seminário São João XXIII, que ficará localizado na Comunidade São Geraldo, pertencente à Paróquia Nossa Senhora da Cabeça. Onze seminaristas da Diocese de Valença, que já estudam e moram no Seminário Arquidiocesano Santo Antônio, se mudarão para o local.

O bispo da diocese fluminense deu ênfase à importância do seminário para o futuro de sua Igreja Particular e destacou a parceria com a Arquidiocese de Juiz de Fora. “A instalação do seminário aponta em duas direções de significado: primeiro, o significado que enaltece a generosidade, a acolhida da Arquidiocese de Juiz de Fora, que pensa a Igreja além dos territórios arquidiocesanos e se coloca, também, a serviço. Segundo, uma importância muito grande para nossa Diocese de Valença. Quando pensamos no futuro da diocese, necessariamente nós temos que pensar nos futuros sacerdotes, que serão os primeiros cooperadores do bispo”.

Para Dom Gil, a concretização do convênio entre as dioceses é uma alegria. “É um momento de satisfação para a Igreja de Juiz de Fora, não só a posse do Padre Marcos, como também o de poder concretizar essa parceria entre nossa arquidiocese e a Diocese de Valença para que os seminaristas de lá continuem estudando no nosso Seminário Santo Antônio. Mais uma comunidade que nós temos na Arquidiocese com o objetivo de formar os futuros sacerdotes da nossa Igreja”.

Ao falar sobre suas novas missões – conduzir a Paróquia Nossa Senhora da Cabeça e auxiliar na formação dos seminaristas de sua diocese – Padre Marcos, ordenado em maio de 2015, falou da gratidão em ter a confiança de dois bispos e de sua disposição em colaborar na instauração do Reino de Deus. “Como o próprio evangelho da liturgia de hoje reforça, Deus tem o dom de usar dos fracos e dos improváveis para conduzir o Seu santo rebanho, conduzir o serviço diante do seu povo eleito. Que eu seja mais um desses fracos, desses frágeis escolhidos para, se for da vontade d’Ele, servir para a Sua graça, a Sua obra”.

A Capela São Geraldo, que abrigará o Seminário São João XXIII, ficará localizado na Rua Bernardo Mascarenhas, 1347 – Bairro Fábrica. Durante 27 anos, até meados de 2016, o local acolheu o Seminário São Tiago, da Diocese de São João del-Rei.

Outras informações:
Paróquia Nossa Senhora da Cabeça: (32) 3215-5797
Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Conteúdo Relacionado
X