Reunião discute situação de superlotação do Ceresp Juiz de Fora

0

Na última sexta-feira (16), membros da Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Juiz de Fora e seu responsável, Pe. José Maria de Freitas, CEM, receberam representantes de instituições da cidade para discutirem a superlotação do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) e de outras unidades prisionais e suas consequências.

A reunião, realizada na Paróquia Nossa Senhora Aparecida, no Bairro Linhares, contou com a participação do vereador Isauro Calais, da coordenadora da execução criminal em Juiz de Fora, a defensora pública Luciana Gagliard, o diretor do Ceresp, Giovane de Morais Gomes e membros da Mesa Diretora do Conselho da Comunidade em Execução Criminal.

Segundo o Pe. José Maria, o encontro serviu para questionar o diretor do Ceresp com relação à superlotação da unidade que, na sexta-feira, atendia 950 detentos, tendo capacidade para 332. “Conversamos sobre o não respeito aos direitos humanos dentro do presídio que, por ser um Centro de Remanejamento, não poderia abrigar presos já sentenciados”. De acordo com o sacerdote, uma reunião para discutir a situação será agendada com o secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo de Carvalho Ferraz.

 

Outras informações:

Paróquia Nossa Senhora Aparecida – Linhares: (32) 3218-5199

Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

 

Conteúdo Relacionado
X