Representantes da Província Eclesiástica reúnem-se no Seminário Nossa Senhora de Guadalupe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Na manhã dessa terça-feira, 10 de maio, o Seminário Nossa Senhora de Guadalupe sediou a reunião da Província Eclesiástica de Juiz de Fora. A casa de formação, pertencente à Diocese de Leopoldina, está localizada no Bairro Granbery.

O encontro foi conduzido pelo Arcebispo e Metropolita, Dom Gil Antônio Moreira, e pelos bispos de Leopoldina, Dom Edson Oriolo, e de São João del-Rei, Dom José Eudes Campos do Nascimento. Os coordenadores de pastoral, vigários episcopais, representantes dos presbíteros, vigários gerais e reitores de seminários das três igrejas particulares também estiveram presentes.

Em entrevista, Dom Gil ressaltou a importância do encontro provincial. “Traz a convivência de uma manhã de troca de ideias e de informações a respeito daquilo que está acontecendo em cada diocese e também a respeito do Seminário Arquidiocesano Santo Antônio, que é comum às três. É um momento de atualização do serviço pastoral e evangelizador, seja no nosso meio, seja da Igreja na sua totalidade. Também é uma oportunidade de confraternização, de nos encontrarmos, nos conhecermos melhor e, assim, nos tornarmos mais irmãos, mais fraternos, mais unidos.”

O anfitrião do dia, Dom Edson, resumiu a reunião como “uma maneira que nós temos para viver a dinâmica da sinodalidade, de escutarmos a história de cada diocese, partilharmos e vermos que nós todos estamos preocupados em fazer com que a Igreja possa seguir o mandato de Nosso Senhor Jesus Cristo, que é anunciar a Boa Nova, mostrar cada vez mais o projeto de Deus.” Ele ainda falou do espaço do Seminário, que recebeu pela primeira vez o encontro provincial. “O nosso Seminário, depois de uma reforma, está com o prédio totalmente novo, dando condições para que os seminaristas possam viver todas as dinâmicas do seu processo de formação em um ambiente saudável e depois, como padres, possam servir com maior amor à nossa querida e amada Diocese de Leopoldina.”

Dom José Eudes mostrou-se emocionado ao conhecer as instalações da casa de formação, cujo projeto foi iniciado enquanto ainda era Bispo daquela Igreja Particular. “Não vimos o sonho sendo concretizado, mas os grandes passos, podemos dizer, surgiu da nossa ideia, juntamente com a equipe de formadores, tendo à frente o Padre Edmilson [Ferreira de Souza]. Gostaria de parabenizar sobretudo ao Padre Volnei [Ferreira Noro], que foi o Administrador Diocesano, por dar continuidade a esta bela obra que ficou.”

A reunião começou com um breve momento de oração, na capela da casa. Entre os assuntos abordados no dia, estiveram a primeira fase da 59ª Assembleia Geral da CNBB, realizada em abril, e a Assembleia Regional de Pastoral do Leste 2, marcada para 6 a 9 de junho, além das notícias de cada diocese. O tópico principal, contudo, foi a mensagem do Papa Francisco para o 56º Dia Mundial das Comunicações Sociais. “Uma mensagem muito bonita, muito interessante, profunda. O Papa nos recorda que, para fazer uma boa comunicação, é preciso antes escutar: não só ruídos para os nossos ouvidos, mas escutar com o coração”, apontou o Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora.

A próxima reunião da Província Eclesiástica será no dia 30 de agosto, no Seminário São Tiago, pertencente à Diocese de São João del-Rei. A casa está completando, este ano, 60 anos de existência.

Veja Também