Representantes da Arquidiocese visitam construção da Estação de Tratamento de Esgoto no Bairro Granjas Bethel

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

*Por: Leandro Novaes (Folha Missionária)

Na manhã desta sexta-feira, 18, alguns padres, seminaristas e leigos da nossa Igreja Particular visitaram a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) que está sendo construída no Bairro Granjas Bethel, em Juiz de Fora. Participaram da visita o Vigário Geral da Arquidiocese, Mons. Luiz Carlos de Paula, Pe. Tarcísio Monay, Pe. Everaldo Borges e o recém ordenado Pe. Jorge Luís Duarte.

Os visitantes foram recebidos pelo prefeito Bruno Siqueira, o vice-prefeito Sérgio Rodrigues e pelo engenheiro responsável pela construção, Marcelo Amaral. Eles falaram sobre o andamento da obra, na qual foram investidos R$ 25 milhões. A estação servirá para atender diretamente o projeto de despoluição do Rio Paraibuna. A previsão é de que a unidade comece a operar ainda neste semestre, recebendo todo o esgoto que antes era despejado nos córregos Tapera, Matirumbide, Yung, São Pedro e Independência. Esta iniciativa está relacionada com o tema da Campanha da Fraternidade deste ano, que trata sobre o tema do saneamento básico.

Para Mons. Luiz Carlos, é necessário que a Igreja esteja acompanhando o trabalho da prefeitura. “Obras como esta são de grande importância para a cidade. Este trabalho está ligado ao tema da Campanha da Fraternidade, o que nos faz olhar para o futuro. As próximas gestões não devem parar o que está sendo feito hoje, por isso precisamos estar sempre atentos e acompanhar tudo de perto”, ressaltou.

Os trabalhos que estão sendo feitos incluem intervenções em diversos pontos da cidade, abrangendo a implantação de aproximadamente 40 quilômetros de tubulações ao longo das margens do rio e córregos municipais, cinco estações elevatórias para bombeamento dos efluentes e duas novas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs).

Serão realizadas, ainda, obras de melhorias nas ETEs Barbosa Lage e Barreira do Triunfo. O projeto da estação em Barbosa Lage já está sob análise técnica da Caixa Econômica Federal (CEF). Além disso, uma outra unidade será construída futuramente no final da Avenida Santa Luzia, no bairro de mesmo nome.
A previsão é de que o conjunto de obras de despoluição do Rio Paraibuna seja concluído até o final do ano e que, após os trabalhos, a Cesama passe a tratar mais de 50% do esgoto da cidade na fase inicial. O objetivo da companhia é chegar à totalidade do tratamento nos próximos anos.

Outras informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Veja Também