Reeleição de coordenadora arquidiocesana da RCC é anunciada durante “Cenáculo com Maria”

*Ao final, todos rezaram uma Ave-Maria pela missão de Denise
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Na tarde desse domingo (24), dezenas de integrantes da Renovação Carismática Católica (RCC) da Arquidiocese de Juiz de Fora reuniram-se para o tradicional “Cenáculo com Maria” na Igreja Matriz Nossa Senhora de Fátima, no Bairro Barbosa Lage. O evento foi realizado presencialmente para dois representantes de cada Grupo de Oração, sendo respeitados os protocolos de prevenção contra a Covid-19, e transmitido ao vivo para participação do público em geral.

O encontro teve início com momento de oração e louvor. Em seguida, o pregador convidado, Eduardo Faria, refletiu sobre o tema proposto: “Derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes” (Lc 1,52). “Eu fiquei muito honrado com o convite. A minha palavra foi no sentido de destacar o Mês Missionário. Quando nós falamos de Renovação Carismática, inevitavelmente nos lembramos do Espírito Santo, o Paráclito, o consolador, que nos santifica, que nos convence acerca da verdade do Cristo e que nos envia para anunciar esta mesma verdade.”

A tarde foi encerrada com Santa Missa presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, que destacou o Dia Mundial das Missões, celebrado naquele dia, em sua homilia. “A principal mensagem do Dia das Missões é que toda pessoa batizada é um missionário. Mas entre os batizados Deus escolhe alguns missionários de consagração plena: são homens, mulheres, padres, religiosas, irmãos que vão para os lugares mais difíceis da Igreja para pregar o nome de Jesus. Então a mensagem mais importante é que você seja missionário no lugar onde você está e ajude, até materialmente, aqueles missionários que estão nas fronteiras da Igreja”, disse o Arcebispo em entrevista após a celebração. A Eucaristia foi concelebrada pelo Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, Padre Nilo Sérgio Franck Júnior.

Dom Gil também falou sobre a realização do evento carismático, que contou com a participação de representantes de grupos de Juiz de Fora e de cidades da região. “A Renovação Carismática fez neste dia um Cenáculo com Maria, que nós podemos chamar de Cenáculo missionário, porque também trabalharam ao redor do tema missionário, tendo Maria como a grande missionária, aquela que trouxe Jesus pela obra do Espírito Santo, à humanidade.” Na ocasião, o Arcebispo anunciou a reeleição da atual coordenadora da RCC Arquidiocesana, Denise Aparecida de Jesus. “Queremos desejar a ela muitas bênçãos, muitas forças do Alto para conduzir esses irmãos reunidos na Renovação Carismática Católica na nossa Arquidiocese de Juiz de Fora”, finalizou.

Denise fez uma avaliação do seu primeiro mandato, iniciado em 2020 e marcado pela pandemia. “Coordenar já é uma tarefa difícil, e mais ainda com esse momento completamente diferente que todo mundo viveu. A gente precisou se reinventar. A missão não podia, de forma nenhuma, ficar parada, encolhida. Nesse reinventar, principalmente as redes sociais tiveram um papel fundamental para que nós pudéssemos continuar propagando a nossa cultura de Pentecostes, tão cara ao movimento da Renovação Carismática Católica. Em termos de Arquidiocese, nós nos organizamos e fizemos isso através dos grupos de oração on-line”, ressaltou.

Ela ainda ponderou sobre a nova missão, a ser desempenhada no biênio 2022-2023. “Eu costumo falar que, para cada missão, uma nova unção, um novo desafio. Os desafios continuam. A Renovação, no Brasil, tem o seu direcionamento próprio, e nós trabalhamos em unidade com esse direcionamento, aplicando aquilo que é nacional dentro da nossa realidade de Juiz de Fora, dentro da realidade dos nossos grupos de oração. Graças a Deus a gente tem uma equipe muito boa, que responde, e nós vamos continuar trabalhando desta forma, em unidade com Deus, com a nossa Igreja local e com o movimento.”

Veja Também