Rádio Catedral completa 13 anos no ar

0

A Rádio Catedral, frequência 102.3 FM, emissora da Arquidiocese de Juiz de Fora, gerida pela Fundação Dom Justino José de Santana, completa nesta segunda-feira (15), 13 anos de programação no ar.

Foi em 15 de julho de 2006 que surgiu o primeiro sinal da Rádio Catedral, entrando no ar em caráter provisório. Assim, de forma experimental, ficou até 21 de agosto do mesmo ano, quando foi apresentada oficialmente à sociedade juiz-forana. Em 28 de agosto, no auditório do Seminário Arquidiocesano Santo Antônio foi realizado um coquetel, quando houve também ajustes na grade de programação. No dia seguinte, a rádio foi apresentada também ao Clero. O departamento de jornalismo iniciou suas atividades em 4 de setembro, depois da fase de produção de sua plástica de vinhetas.

Fundada por Dom Eurico dos Santos Veloso, que era o Arcebispo à época da criação, a rádio tem atualmente como presidente, o Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira e Diretor, o Padre Antônio Camilo de Paiva.

A emissora não veicula conteúdos exclusivamente religiosos, sendo focada também na qualidade musical e de informação. A programação é educativa e cultural, voltada para a formação cidadã e cristã. A essência religiosa está sempre presente e a evangelização faz parte de toda a grade.

O Diretor Geral da Rádio Catedral, Padre Antônio Camilo de Paiva, conta como tudo começou. “Começou com o pensamento do Dom Eurico e um grupo de pessoas, inclusive eu estava junto, de fazer essa fundação Dom Justino José de Santana para hospedar rádio e qualquer iniciativa arquidiocesana. E o trabalho foi feito, foi feita uma reunião com presença de alguns padres e foi feita a fundação e a rádio começou a funcionar. Depois, Dom Gil veio e ampliou a rádio.”

A Rádio Catedral é uma emissora educativa, tem uma programação diversificada, contando com programas religiosos apresentados por padres, jornalismo atuante com informação ética e imparcial, boa música e entretenimento.

Padre Camilo comenta sobre a missão desta emissora que chega a tantos lares e lugares todos os dias.“A missão da rádio é ir onde o homem não pode. A missão dela é rezar com aqueles que não podem ir à igreja, por isso transmitimos missas, é dar catequese onde aquelas pessoas não podem ir, seja pela idade ou pela doença. É também levar animo, motivação às pessoas e o bom gosto, a capacidade de escolher, na vida, o que é bom, o que realmente conta.”

É um meio de comunicação de grande importância para a Igreja e para a sociedade, como destaca o diretor, Padre Camilo.

Após 12 anos operando com uma potência reduzida – apenas 70kw (kilowatts) -, abrangendo somente Juiz de Fora, a Rádio Catedral conquistou no mês de fevereiro de 2018 o tão sonhado aumento no alcance de sua transmissão. Concedido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a potência passou para 1000kw, abrangendo aproximadamente 50 cidades de Minas Gerais (Zona da Mata, Campo das Vertentes) e alguns municípios do Estado do Rio de Janeiro.

A Rádio Catedral tem programação própria das 6h à meia-noite. No restante do tempo, durante a madrugada, entra em cadeia com a Rádio Aparecida, do Santuário Nacional de Aparecida (SP).

Fonte: Site Rádio Catedral JF

Conteúdo Relacionado
X