Pré Congresso Vocacional do Regional Leste 2 conta com a participação da arquidiocese de Juiz de Fora

0

A Pastoral Vocacional da arquidiocese de Juiz de Fora está em formação. O padre Miguel Campos é o responsável pela articulação esse novo setor. Em busca de encontrar a melhor forma de estruturar esse trabalho, ele tem participado de vários eventos de formação. No último final de semana ele esteve participando do Pré Congresso Vocacional do regional Leste 2 da CNBB.

A assembleia foi promovida pelo Serviço de Animação Vocacional (SAV) do Regional Leste 2 da CNBB e a Conferência dos Religiosos do Brasil – Regional Minas Gerais, na Paróquia Nossa Senhora da Glória, em Belo Horizonte (MG).

Representantes de todas as dioceses dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, estiveram reunidos para discutir sobre Vocação e Discernimento, dentre eles padres, diáconos, leigos. congregações, comunidade de vida e institutos de vida secular.

O coordenador Regional do SAV no Leste 2, Pe. Eliseu Donisete de Paiva Gomes, abriu o congresso com a temática do “Discernir para Amar”. Numa rápida apresentação de todas as províncias ele revelou ser um desafio gratificante trabalhar com a Pastoral Vocacional.

Padre Miguel contou que no Regional Leste 2 muitas dioceses estão buscando organizar esses trabalhos. Em vista disso, o objetivo do congresso foi despertar ações e propostas em prol de uma “Cultura Vocacional” na sociedade atual. Além de ampliar a meditação acerca desta temática, e com isso, fazer chegar até as bases a proposta do 4º Congresso Vocacional do Brasil, que está programado para ser realizado nos dias 05 a 08 de setembro deste ano, em Aparecida (SP).

Segundo padre Miguel, em Juiz de Fora, a primeira ação concreta da pastoral será no evento Mais Deus, onde haverá uma feira vocacional com congregações religiosas e comunidades de vida. Para o segundo semestre já estão sendo planejadas ações de espiritualidade e formação.

Seu objetivo vai de encontro com os planos do Regional, busca-se que o SAV se estabeleça em cada paróquia da arquidiocese. “O objetivo é que haja, em cada paróquia, leigos referência para levarem uma cultura vocacional nas comunidades e (que eles) pudessem acompanhar os jovens que já sentem, ou gostariam de discernir, o chamado de Deus para a vida de cada um deles”, afirmou o padre.

*Com informações do Regional Leste 2

Conteúdo Relacionado
X