Por ocasião da Visita Ad Limina Apostolorum, dados atualizados do regional Leste 2 são divulgados

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

No final do ano passado, o Vaticano anunciou a retomada das “Visita ad limina Apostolorum” interrompidas em 2020, em razão da pandemia do novo coronavírus. Desde então os Regionais da Conferência Nacional dos Bispos (CNBB) vem se preparando para este momento.

Denominada de “Visita ad limina Apostolorum”, que significa no liminar, na soleira, nos limites ou estradas das Basílicas dos Apóstolos Pedro e Paulo, é uma peregrinação a Roma, que acontece a cada cinco anos. Seu ponto alto é o encontro com o Santo Padre.

Os bispos também têm reuniões nos vários Dicastérios da Santa Sé. No Brasil, a visita é dividida por regionais. A previsão é que os bispos do Regional Leste 2 realizem esta visita de 15 a 29 de outubro de 2022. O momento será realizado juntamente com Regional Leste 3.

No encontro com o Pontífice, os bispos apresentam um relatório sobre o estado pastoral das dioceses e ouvem seus conselhos. Em vista disso, as (arqui)dioceses do Estado de Minas Gerais enviaram alguns dados do regional para a Santa Sé.

A partir da tais informações foi possível concluir que o estado possui ao todo 29 circunscrições eclesiásticas, sendo sete arquidioceses, 21 dioceses de rito latino e um ordinariato para os fiéis de ritos orientais sem ordinário próprio. Com quase 1.700 paróquias, mais de 2.800 presbíteros, mais 350 diáconos permanentes e, cerca de, 2500 religiosos.

Do total de 19.595.330 habitantes do Estado (IBGE Censo 2010), os membros da Igreja Católica são 13.802.790, ou seja, 70,4% do total. A média brasileira é de 50%, portanto os católicos mineiros estão acima da média nacional.

O relatório descreve ainda Curiosidades do episcopado e a lista de (arqui)diocese e seus pastores.

Clique aqui e confira os dados.

*Com informações de CNBB e Regional Leste 2

Veja Também