Pe. Augusto Antônio da Silva completa 50 anos de vida sacerdotal

augusto antonio
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Neste mês de abril o padre Augusto Antônio da Silva completa 50 anos de vida sacerdotal. Para comemorar a data, será celebrada uma missa em ação de graças no dia 12 (domingo), às 19h, na Capela Nossa Senhora das Graças, pertencente à Paróquia Santa Teresinha. O arcebispo metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, irá presidir a celebração.

Durante os 50 de ordenação o sacerdote atuou em Niterói/RJ, Belo Horizonte/MG, Siderópolis/SC e Paraíba do Sul/RJ. Em Juiz de Fora, Pe. Augusto atuou nas paróquias São Mateus, Nossa Senhora Auxiliadora (Mundo Novo), Nossa Senhora do Rosário (Granbery), e Santa Teresinha (Santa Teresinha). Atualmente, ele é padre emérito e vigário paroquial da Capela Nossa Senhora das Graças.

A Capela Nossa Senhora das Graças fica na Rua Aníbal Alves, 123 – Nossa Senhora das Graças.

Conheça Pe. Augusto:

Natural de Brás Pires, nasceu em 26 de novembro de 1935. Em fevereiro de 1950, aos 14 anos, ingressou no Seminário Menor Sagrado Coração de Jesus em Miguel Burnier/MG. Em 1955, em Belo Horizonte/MG, fez o Noviciado para ingressar como membro da Congregação Orionita. Em 11 de fevereiro de 1956 fez os votos religiosos temporários.

Cursou Filosofia no Seminário Arquidiocesano São José, no Rio de Janeiro entre os anos de 1956 e 1958. O Tirocínio, etapa que antecede os votos perpétuos, foi realizado entre 1959 e 1961, exercendo o cargo de professor no Seminário São Pio X em Siderópolis/SC.

Em outubro de 1961 se mudou para Roma para cursar Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana, onde concluiu seus estudos em junho de 1965. Em 10 de abril de 1965, ainda estudante, foi ordenado sacerdote na Igreja Mater Dei.

Em julho de 1965 retornou ao Brasil para se dedicar a vida sacerdotal.

Outras informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese Juiz de Fora – (32) 3229-5450

Veja Também