Pastoral do Menor reúne candidatos à Prefeitura de Juiz de Fora em discussão em prol de crianças e adolescentes

0

No último sábado, 17 de setembro, a Catedral Metropolitana de Juiz de Fora sediou encontro entre os candidatos à prefeitura do município, promovido pela Pastoral do Menor Arquidiocesana. Os sete postulantes ao cargo no Poder Executivo estiveram presentes no evento, que foi conduzido pelo arcebispo metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira.

Nomeado de “Dia de Luta: Debatendo a Infância e Adolescência do nosso município”, o encontro ainda contou com a participação de sacerdotes e representantes de movimentos da sociedade civil e da Igreja Particular de Juiz de Fora.

Depois de reproduzido o hino nacional brasileiro, a coordenadora arquidiocesana da Pastoral do Menor, Alessandra Cristina de Castro, apresentou a pastoral aos candidatos e pessoas presentes e resumiu o objetivo do evento. “A Pastoral do Menor da Arquidiocese de Juiz de Fora propõe hoje aos senhores candidatos, à luz do evangelho, uma reflexão sobre a importância de se colocar a criança e o adolescente como prioridade absoluta”.

Em sua fala de abertura, Dom Gil afirmou que o momento das eleições é importante para a Arquidiocese de Juiz de Fora, seguindo a convicção da Igreja e de Papa Francisco de que “envolver-se na política é uma obrigação para o cristão, porque é uma das mais altas formas de caridade”. “Nós somos Igreja e somos cidadãos e temos responsabilidade não só naquilo que acontece nas sacristias ou dentro dos templos. A Igreja não tem limites nas paredes da igreja. Ela é o povo, o povo de Deus”, finalizou o arcebispo.

Dando sequência ao encontro, o vice-coordenador da Pastoral do Menor, Claudinei dos Santos Lima, fez uma análise de conjuntura, apresentando o cenário relacionado a crianças e adolescentes no município. Logo após, cada candidato a prefeito teve cinco minutos para se apresentar e mostrar suas propostas relacionadas ao assunto.

A ordem de apresentação dos postulantes à Prefeitura de Juiz de Fora foi previamente definida em sorteio realizado na presença dos assessores dos candidatos. A sequência das falas respeitou a seguinte ordem: Victoria Mello (PSTU), Noraldino Júnior (PSC), Margarida Salomão (PT), Maria Ângela (PSOL), Wilson da Rezato (PSB), Lafayette Andrada (PSD) e Bruno Siqueira (PMDB).

Depois de se apresentarem, os candidatos ainda responderam a perguntas de pessoas presentes no evento. Ao final do encontro, todos os postulantes ao cargo de prefeito assinaram uma carta- compromisso. No documento, eles se comprometeram a respeitar o princípio constitucional da prioridade absoluta à criança e ao adolescente, e a investir em políticas públicas destinadas ao atendimento prioritário desse público e de suas respectivas famílias.

Ao fazer um balanço do encontro, a coordenadora arquidiocesana da Pastoral do Menor, Alessandra Cristina de Castro, revelou o sentimento de dever cumprido. “Nós vemos que a situação está muito precária devido à ausência de políticas públicas e saímos daqui hoje com a sensação de dever cumprido. Mas a luta não para aqui. Nós temos uma eleição pela frente e esperamos que ganhe o candidato que realmente tenha compromisso nessa área e que realmente faça valer o termo que eles assinaram aqui conosco”.

Dom Gil também se mostrou satisfeito com a realização do evento. “Foi uma manhã de grande importância, porque nós pudemos conhecer melhor os nossos candidatos e ver que todos eles estão, de fato, irmanados conosco nesta luta em favor da criança e do adolescente. Que Deus abençoe a todos nós e nos ilumine na hora de escolhermos o nosso candidato para governar o município”.

A WebTV “A Voz Católica” entrevistou todos os candidatos presentes e deu, a cada um, dois minutos para apresentarem suas propostas em prol de crianças e adolescentes. Clique aqui e visite o site.

 

Outras informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Conteúdo Relacionado
X