Pastoral da Criança realiza reunião para determinar atuação em tempos de pandemia

0

Desde o início da pandemia do coronavírus, instituições religiosas e suas pastorais tiveram que se reinventar para garantir a continuidade da evangelização e o acompanhamento com os seus assistidos, sobretudo neste momento de incertezas provocadas pela Covid-19, em que a fé se torna uma aliada ainda mais poderosa.

Dando continuidade a essa missão, a Pastoral da Criança da Arquidiocese de Juiz de Fora realizou, na tarde do último sábado (20), uma videoconferência com a equipe, seus coordenadores de áreas, capacitadores e com o assessor eclesial Padre Osmar Bezerra dos Santos.

A Pastoral Criança, a nível nacional, orienta que se pensem as visitas domiciliares observando as normas da Secretaria de Saúde e do Bispo de cada local. Ademais, o acompanhamento das crianças e gestantes deve ser feito por meio eletrônico, usando o aplicativo Visita Domiciliar.

Um apelo é feito ainda, aos seus agentes: “Nestes municípios onde tem vírus circulante é importante ficar atento se há pessoas passando fome, sem acesso a remédios ou outras grandes dificuldades. Criar formas de fazer chegar a solidariedade sem contaminar ou ser contaminado.”

Na reunião, foi frisado papel conscientizador dos agentes nesse momento de pandemia. “É muito importante aproveitar estes momentos para orientar as famílias sobre como se prevenir do coronavírus. Juntos, somos mais fortes!”

*Colaboração Ana Maria Roberto

Conteúdo Relacionado
X