Paróquias de Juiz de Fora facilitam atendimento psicológico aos fiéis

Foto: Internet

O mês começa e mais uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio se inicia. O Setembro Amarelo se estende por todo o país, sendo de grande importância já que os índices têm aumentado em todo o continente americano.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde, até o ano passado, o suicídio é a quarta causa de morte depois de acidentes no trânsito, tuberculose e violência interpessoal entre os jovens brasileiros de 15 a 29 anos.

Em vista desta realidade, diversas paróquias de Juiz de Fora possuem parceria com profissionais da psicologia, que atendem nas dependências da Igreja Matriz. Esta é uma forma de auxiliar os paroquianos e tornar mais acessível o cuidado com a saúde mental.

Os interessados devem entrar em contato com a secretaria da paróquia e solicitar os contatos dos profissionais, combinando diretamente com eles todos os detalhes – valores, horários, forma e frequência dos atendimentos.

Deste modo muitas pessoas têm mais do que a indicação de um profissional, têm maior segurança e um custo facilitado, já que a maioria cobra valores são mais acessíveis.

Confira a lista de paróquias que realizam este tipo de atendimento:

Catedral – Centro
Paróquia São Geraldo
Paróquia Santa Teresinha – Santa Terezinha
Paróquia São João Paulo II – Nova Era
Paróquia São Benedito – São Benedito
Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Barbosa Lage
Paróquia São Sebastião – Barreira do Triunfo
Paróquia São José – Costa Carvalho
Paróquia Santíssima Trindade
Paróquia Nossa Senhora Mãe de Deus
Paróquia Cristo Rei – Jardim do Sol
Paróquia Santa Rita – Bonfim
Paróquia Nossa Senhora Aparecida – Nossa Senhora Aparecida
Paróquia São Pedro – São Pedro
Paróquia São Mateus – São Mateus
Paróquia Nossa Senhora do Rosário – Granbery
Paróquia Divino Espírito Santo – Progresso

Todos nós devem atuar ativamente na conscientização da importância que a vida tem e ajudar na prevenção do suicídio. Caso conheça alguém que precise desta ajuda, basta acessar ligar para a escritório da paróquia mais próxima. Acesse nossa página de paróquias aqui.

*Com informações do Site do Ministério da Saúde e SetembroAmarelo.com

Veja Também