Paróquias criam novos canais de comunicação para os fiéis

0

Neste tempo de pandemia de coronavírus, o uso das redes sociais aumentou. As plataformas digitais foram escolhidas como recursos eficazes para proteger a todos. Como afirmou Dom Gil Antônio Moreira, em seu último artigo, “Viver a Semana Santa em tempo de pandemia” os meios de comunicação são dom de Deus. “A internet que nos possibilita nos encontrarmos para celebrar a fé que nos une, o amor que nos irmana.”

Todos estão buscando se adaptar aos novos formatos, até os sacerdotes mais idosos se renderam às redes sociais e passaram a fazer momentos de oração e de celebração através das lives. Um deles ficou bem famoso na semana passada ao fazer uma live. Padre Luiz Cesar Moraes, de Itajubá, no Sul de Minas Gerais, foi celebrar a Missa transmitindo pelo Facebook e, sem querer, acabou acionando o botão efeito de máscara. O vídeo viralizou na internet e obteve 789 mil visualizações, 25 mil compartilhamentos e 28 mil comentários. Mesmo com a grande repercussão, o padre manteve o vídeo salvo e pediu desculpas pelo erro.

Na Arquidiocese de Juiz de Fora, os padres estão explorando o mundo das redes sociais. Visando atender o maior número possível de fiéis, estão criando contas em outras redes como Instagram e Youtube. Na semana passada a Paróquia Nossa Senhora Aparecida, do bairro Linhares, criou um perfil oficial para a paróquia.Já a paróquia São Mateus reativou seu perfil na mesma rede.

Enquanto isso, as Paróquias Santa Teresinha e Bom Jesus do Matozinho, de Bom Jardim de Minas, assim como o Padre Rafael Neves, da Paróquia Bom Pastor, criaram um canal no Youtube. No entanto, para transmitir ao vivo, usando dispositivos móveis, o Youtube exige que os canais tenham pelo menos mil inscritos.

Por isso, algumas paróquias divulgaram em suas redes, tal esclarecimento e pediram a colaboração de seus paroquianos. Dentre eles o Padre Carlos Alberto Moreira, pároco de Bom Jardim de Minas. “Contamos com vocês. Façam com que a voz do Bom Jesus chegue a todos. Vamos juntos evangelizar”, afirmou ele, através do Instagram da paróquia.

Para se inscrever basta acessar o canal de sua preferencia e clicar no botão vermelho, no canto direito da tela.

*Com informações do site da CNBB e Instagram da Paróquia Bom Jesus do Matozinho

Conteúdo Relacionado
X