Paróquia São Martinho de Lima realiza entrega de cestas básicas para a população vulnerável

0

A Paróquia São Martinho de Lima, que pertence a Diocese de Óbidos, Igreja-irmã da Arquidiocese de Juiz de Fora, foi contemplada por projeto emergencial, realizado em parceria com a Cáritas Brasil, de entrega de cestas básicas para as famílias que estão sofrendo alguma vulnerabilidade nesse momento tão difícil atravessado por todos com a pandemia do Coronavírus.

Atualmente, o projeto está atendendo 150 núcleos familiares. Conforme o pároco da Igreja São Martinho de Lima, Padre Leonardo Loures, o projeto optou por buscar prioritariamente os que vivem em localidades mais isoladas na Diocese, ainda nas partes de terra firme. “Na região amazônica existe uma divisão territorial, existem as comunidades ribeirinhas, que ficam a margem do Rio, e as comunidades em terra firme, que fica dentro da floresta. Primeiro fomos nas comunidades de terra firme, não fomos nos centros das comunidades, pegamos aquelas casas que ficam em ramais. Um ramal aqui é como um pequeno atalho, uma estrada mais isolada”.

Padre Leonardo Loures relatou as principais dificuldades que o povo da região de Óbidos tem encontrado durante esta pandemia. Problemas que ele pode observar ao realizar a entrega das cestas básicas. “Eu sempre falo que a região amazônica é abençoada por Deus. Temos aqui uma terra muito fértil e no interior, de maneira especial, as famílias tem condição de plantar e da terra sobreviver, mas, claro que sempre encontramos situações complicadas, famílias onde tem enfermos, idosos, com muitas crianças, pessoas que não tem condição de cultivar a terra. Famílias que realmente precisavam de algo a mais.”

Muitas famílias, segundo padre Leonardo, além de depender da colheita para a alimentação, têm enfrentado dificuldades na comercialização do que produzem, gerando insegurança financeira e alimentar.

Durante todo o mês de abril, outras localidades da Diocese de Óbidos com famílias em situação de vulnerabilidade estão sendo beneficiadas pelo projeto. Padre Leonardo destaca que este é um tempo de cuidar do próximo. “Com certeza essa ajuda da diocese vem em boa hora. Ao fazer a entrega das cestas isso é muito claro, a alegria de receber algo extra… Que bom que nós, enquanto igreja, temos esse olhar. Mais do que nunca, como sempre temos falado é tempo de cuidar, cuidar uns dos outros em todos os sentidos.”

Fonte: Site da Rádio Catedral de JF

Conteúdo Relacionado
X