Paróquia Nossa Senhora da Cabeça realiza “Sete meses com São José”

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

A partir desta quinta-feira, dia 19 de agosto, a Paróquia Nossa Senhora da Cabeça, do bairro São Dimas, iniciará o caminho de “Sete meses com São José”. Todos os dias 19 dos próximos meses ocorrerão Missa pedindo a intercessão do glorioso São José.

A paróquia irá divulgar os horários de cada celebração serão divulgados com pelo menos 2 dias de antecedência, para que os fiéis se programem e realizem o agendamento na secretaria paroquial. Nesta quinta-feira a Santa Missa acontece às 19h30.

Tal iniciativa surgiu em comunhão filial e fraternal com o Papa Francisco que decretou o Ano Josefino e com a preparação para o Centenário Diocesano. Segundo o pároco local, Padre Marcos Ribeiro Silvestre, haviam planos de realizar as missas votivas no início do ano, mas, diante do agravamento da pandemia, não foi possível.

“No final do semestre, a coordenadora da liturgia da Matriz nos apresentou o livro ‘Rezando com São José’ e dentro deste livro tem uma oração de 7 domingos com São José. Optamos por fazer essa oração adaptada em sete meses que são os meses que faltam para a Solenidade de São José”, contou Pe. Marcos Silvestre.

No início deste ano, o Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira divulgou orientações para o clero e o povo de Deus que caminha na Arquidiocese de Juiz de Fora na qual solicitou que, todos os dias 19 de cada mês, fossem realizadas Missas Votivas de São José, sempre que a norma litúrgica permitisse. O que segue ocorrendo em diversas comunidades.

As orações na Paróquia Nossa Senhora da Cabeça seguem até 19 de fevereiro de 2022. A Matriz fica na Rua Anita Garibaldi, s/nº ‐ Bairro São Dimas.

Conheça o significado de Missas Votivas

Em entrevista, padre Marcos explicou o significado de Missa votivas. “São missas devocionais que acontecem de acordo com o costume e a devoção do povo de cada paróquia, mas que tem que ser celebrada observando o calendário litúrgico e a gradualidade das celebrações”.

Segundo ele, as mais conhecidas são: a devoção da Santíssima Eucaristia às quintas-feiras, a devoção a nossa Senhora no sábado pela manhã, Sagrado Coração de Jesus, nas primeiras sextas-feiras. “Temos algumas que já são muito conhecidas, outras nem tanto porque são desenvolvidas de acordo com a realidade de cada paróquia”.

Veja Também