Paróquia da Glória encerra festa da padroeira repleta de fieis e participação do Arcebispo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

No último domingo, dia 21 de agosto, a Paróquia Nossa Senhora da Glória, de Juiz de Fora, dinamizada pelos Redentoristas, esteve em festa com a Assunção de Maria. Após dois anos de espera, novamente a comunidade pode celebrar, sem reservas, a festa de sua padroeira.

O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, presidiu a Missa Solene, concelebrada pelos padres redentoristas da Comunidade da Glória, marcando o encerramento dos festejos religiosos. Antes, uma linda procissão marcou o retorno dos fiéis às ruas da paróquia.

Procissão pelas ruas do bairro Jardim Glória

No chamado “dia mais nobre da paróquia”, o Pároco local, Pe. Lúcio Marcos Bento, CSsR, contou que ocorreram três Missas com boa participação do povo e falou de sua satisfação com o momento. “Para nós, Redentoristas, é uma grande graça poder celebrar a festa da nossa padroeira depois de dois anos sem um número maior de participantes, por causa da pandemia. Uma celebração muito bonita, muito festiva, onde agradecemos a Deus a vida de cada paroquiano”, afirmou ele.

Em entrevista, o Pastor Arquidiocesano destacou que o momento é de grande alegria também a Arquidiocese. “O povo que aqui vive é um povo muito fiel sempre muito presente na Igreja. Quero, nesse momento, agradecer aos Missionários Redentoristas pelo trabalho que fazem, pela maravilha que exercem nessa região da cidade. Que Nosso Senhor abençoe especialmente as vocações religiosas. Nossa Senhora da Glória interceda junto de Deus para aumentar o número das pessoas que se oferecem para a consagração definitiva na vida religiosa”, pontuou ele, recordando que no terceiro domingo do mês vocacional, a Igreja lembra dos religiosos, Homens e mulheres que consagraram suas vidas a Deus e ao próximo.

Para o Superior Provincial da Província do Rio, Padre Nelson Antônio Linhares de Souza, CSsR, celebrar esta solenidade significa acreditar na força da fraternidade, do amor, do encontro e da união. “Para nós é um tempo de celebrar a fraternidade. Em um tempo em que o mundo é marcado por tantos conflitos, tantas brigas… Em que a morte parece, tantas vezes, sufocar a vida, a Assunção de Maria nos diz que a vida é maior do que a morte, que a verdade é maior do que mentira, que o amor é maior do que o ódio”, explicou.

Ele ainda comentou a feliz coincidência da data, relacionando a mensagem da celebração e o trabalho da congregação. “Nós, como religiosos, anunciarmos através dos votos de pobreza, castidade e obediência, a nossa consagração a Deus; anunciarmos que é possível transformar esse mundo para melhor!”

Durante a Eucaristia, Pe. Lucio Bento CSsR, fez um agradecimento especial a todos que contribuíram para que a festa fosse um sucesso. Após a celebração, os fiéis prestigiaram o show com o cantor e compositor, Roger Resende, encerrando as festividades da Festa da Glória de 2022.

Confira mais fotos no Facebook da paróquia.

*Colaboração e fotos: Eliton Souza e Silvia Carvalho/PASCOM
**Com informações de WebTv A Voz Católica

Veja Também