Papa Francisco nomeia bispo para a Diocese de Alagoinhas (BA) vacante desde janeiro de 2021

O Papa Francisco nomeou nesta terça-feira, 27 de setembro, o padre Francisco de Oliveira Vidal como bispo para a diocese de Alagoinhas, na Bahia. A Igreja Particular estava vacante desde 13 de janeiro de 2021, quando Dom Paulo Romeu Dantas Bastos foi transferido para a diocese de Jequié (BA).

Trajetória eclesial

Padre Francisco de Oliveira Vidal nasceu em 28 de abril de 1964, em Rio Pomba (MG). Ingressou no Seminário Nossa Senhora do Rosário, na diocese de Caratinga, em 1980, onde cursou o seminário menor. Realizou seus estudos filosóficos no seminário maior Nordeste Minas, na diocese de Teófilo Otoni (MG) e Teologia na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, em Belo Horizonte.

Foi ordenado presbítero em 1º de maio de 1988, em Governador Valadares (MG). Depois, fez mestrado em Teologia Moral na academia Alfonsiana – Pontífica Universidade Lateranense de Roma, recebendo o título de mestre em Teologia Moral, em 2002.

Durante seu ministério sacerdotal na Igreja Particular de Governador Valadares (MG), foi pároco da paróquia Nossa Senhora de Fátima, de 1989 a 2000; e da catedral Santo Antônio, de 2004 a 2020. Assessorou a Pastoral Familiar Diocesana, de 1997 a 2000; foi formador do ano propedêutico do Seminário Diocesano Nossa Senhora Auxiliadora, em 2003; e auxiliou no processo de criação e coordenação da Escola Diaconal. Foi coordenador diocesano de pastoral por três mandatos, de 2011 a 2019. Além disso, é membro do Conselho Presbiteral e do Colégio de Consultores.

Atualmente, é reitor do seminário diocesano Nossa Senhora Auxiliadora, sendo formador na etapa da Configuração; Diretor do Instituto Teológico Dom Hermínio Malzone Hugo, onde também leciona as disciplinas de Teologia Moral; Também é docente da mesma disciplina na escola diaconal Dom Werner Franz Siebenbrock.

Fonte: Site da CNBB

Veja Também