Papa expressa pesar pela tragédia na Catedral de Campinas

0

O Papa Francisco manifestou seu pesar pela tragédia ocorrida na Catedral de Campinas na última terça-feira (11), depois que um atirador abriu fogo após a missa. Até o momento, cinco pessoas morreram.

“Profundamente consternado pelo dramático atentado realizado durante a celebração da Santa Missa na Catedral da Arquidiocese de Campinas, o Papa Francisco confia à misericórdia de Deus as vítimas e assegura a sua solidariedade e conforto espiritual às famílias que perderam seus entes queridos e toda a comunidade arquidiocesana, com votos de pronta recuperação dos feridos”, lê-se no telegrama assinado pelo Secretário de Estado, Cardeal Pietro Parolin.

No texto, “o Santo Padre convida a todos, diante deste momento de dor, a encontrar conforto e forças em Jesus Ressuscitado, pedindo a Deus para que a esperança não esmoreça nesta hora de prova e faça prevalecer o perdão e o amor sobre o ódio e a vingança”. O telegrama se conclui com a benção apostólica do Papa Francisco.

Missa na Catedral recorda vítimas de tragédia

*Flores na Catedral em homenagem às vítimas. Foto: Elaine Santos/Canção Nova

Catedral lotada com fiéis comovidos e reunidos em oração. Este foi o cenário dessa quarta-feira (12), na Catedral Metropolitana de Campinas (SP), palco de uma tragédia na terça (11): quatro pessoas morreram e outras ficaram feridas vítimas de um atirador, que logo em seguida tirou a própria vida.

Desde o ocorrido, a igreja estava fechada em virtude do processo de investigações. A Catedral reabriu suas portas e logo em seguida foi celebrada uma Missa em sufrágio das almas dos fiéis falecidos.

A celebração foi presidida pelo pároco da Catedral de Nossa Senhora da Conceição, Monsenhor Rafael Capelato. Durante a homilia, ele se fez solidário com as famílias das vítimas, expressando que a arquidiocese está acompanhando de perto este momento triste para as famílias.

“Estamos sofrendo com vocês, vocês choram e nós também choramos, mas o Senhor Jesus é a nossa força. Sintam-se abraçados por toda a arquidiocese de Campinas”, disse Monsenhor Rafael. O pároco da Catedral destacou ainda a presença dos padres da arquidiocese junto às famílias das vítimas nos velórios, como sinal de solidariedade e comunhão da Igreja neste momento de dor.

*Fonte: Site da Canção Nova

Conteúdo Relacionado
X