Padroeira do Brasil é celebrada na Catedral

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

No dia 12 de outubro, a Igreja do Brasil celebrou a sua padroeira, Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Na Catedral, milhares de fiéis participaram das celebrações deste dia especial e o Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, presidiu a Missa dos motociclistas que foi concelebrada pelo Pároco, Padre João Paulo, e também teve a participação do Diácono Antônio e da 4ª Brigada de Infantaria Leve (Montanha). A celebração foi realizada logo após a 26ª Motociata de Nossa Senhora Aparecida e a bênção dos capacetes na porta da Catedral.

Dom Gil destacou, na sua entrevista, as intenções da celebração da Rainha e Padroeira do Brasil. “Colocamos nas mãos de Nossa Senhora o nosso Brasil, neste tempo de eleições, tempo de tanta polarização e dificuldades, mas sobretudo tempo de muita esperança e confiança em Deus, nosso Senhor. Que reine a paz, a justiça, a fraternidade e o progresso para todos os brasileiros. Que Deus ilumine a cada brasileiro na hora de escolher o candidato em que deve votar e Nossa Senhora proteja cada eleitor, cada brasileiro e a todo nosso país. Pedimos também a ela que interceda a Deus por cada um de nós, como intercedeu nas Bodas de Caná e que ela seja para nós modelo e força de fidelidade a Deus, a nossa fé em todos os momentos fáceis e difíceis.”

De acordo com um dos organizadores da Motociata, Antônio Carlos Lourenço Ribeiro (mais conhecido como Toninho), a sensação é de “dever cumprido, mais um ano de bênçãos e cada dia que passa a gente vai fazendo os agradecimentos pelas bênçãos que vem recebendo. Por incrível que pareça, esse ano foi mais fácil arrumar patrocinadores, tivemos muita ajuda dos empresários e micro empresários de Juiz de Fora o que tornou o evento bacana, tivemos muitos sorteios, não houve nenhuma ocorrência no percurso, foi tudo tranquilo, foi tudo muito bonito”, completou.

Toninho também narrou na entrevista seu testemunho de livramento que teve recentemente, por intercessão de Nossa Senhora. “Na sexta-feira eu estava indo para uma reunião e antes de chegar em Tabuleiro o volante do meu carro começou a tremer e pensei, vou dar uma segurada na velocidade e vou parar num local seguro para ver o que está acontecendo. E antes de chegar o pneu estourou, mas com a fé que eu tenho, fiquei muito tranquilo e consegui controlar o carro, eu não, Nossa Senhora me conduziu. Quem tem fé e acredita, recebe as bênçãos. ”

O motociclista, Alberto Felipe Damasceno, que conduziu a moto com a imagem falou sobre a sua emoção e também contou uma graça que alcançou pela intercessão de Nossa Senhora Aparecida. “Foi uma grande honra levar a imagem depois de quatro anos tentando, e eu fiquei muito satisfeito, muito feliz de poder levar a imagem neste ano e agradecer porque pedi a ela, há uns três meses atrás, um emprego e ela providenciou na véspera do dia dela. Então agradeço muito a Nossa Senhora Aparecida, que ela abençoe todos os participantes e que Deus cubra de bênçãos a cada um de nós”, finalizou emocionado.

Ao final da celebração, um dos organizadores da 26ª Motociata, Antônio Ribeiro (Toninho) presenteou o Arcebispo com uma camisa do evento e agradeceu a oportunidade de participar mais uma vez do momento. Em seguida todos os presentes fizeram a consagração à Nossa Senhora da Conceição Aparecida e depois foi realizada uma chuva de pétalas de rosas da Cúpula da Catedral.

Confira as fotos da celebração no Facebook da Catedral.

Fonte: Site da Catedral Metropolitana

Veja Também