Padre Vanderlei, C.Ss.R lança livro “15 dias de oração com a Mãe do Perpétuo Socorro”

0

No próximo sábado (15), a Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro do Bairro Jardim Esperança, em Juiz de Fora, dá início à festa de sua padroeira, celebrada no dia 27 de junho. Na ocasião, ainda serão lembrados os 50 anos de fundação da paróquia, criada no dia 9 de julho de 1969.

A preparação para as datas festivas será feita através de um livro de autoria do pároco local, Padre Vanderlei Santos de Sousa, C.Ss.R, intitulado “15 dias de oração com a Mãe do Perpétuo Socorro”. Na apresentação da obra, o sacerdote lembra a veneração centenária do ícone de Nossa Senhora pelos missionários redentoristas e convida os fiéis a fazerem o percurso de oração.

“Através da contemplação do ícone podemos também fazer a leitura de nossa vida à luz da Sagrada Escritura. Por isto nestes quinze dias de oração, iremos conhecer textos e pessoas do Antigo e do Novo Testamento que se destacaram em sua busca de escuta do chamado de Deus e sua decisão em se fazerem mensagem deste mesmo Deus na história humana. Este material espiritual tem o objetivo de ajudar-nos num processo de vivência da fé cristã, de modo a saudabilizados pela mensagem do Cristo Jesus e tendo ao lado Maria, renovar-nos pela força redentora da mensagem do calvário e da cruz, a fim de sermos Testemunhas da Redenção neste mundo marcado pela dor”.

O livro está disponível para compra na paróquia do Bairro Jardim Esperança, na Catedral Metropolitana, na Paróquia Nossa Senhora da Glória (Morro da Glória) e na loja Estação da Fé (Rua Braz Bernardino, 235 – Centro). O valor é R$ 5. Mais informações podem ser obtidas na secretaria paroquial, que fica na Rua Henrique Pimenta Brasiel, 277 – Jardim Esperança. O telefone para contato é o (32) 3237-4308. O local funciona de terça a sexta-feira, das 14h às 19h, e aos sábados, de 14h às 17h.

Fizemos uma entrevista com Padre Vanderlei, que explicou o que o levou a escrever o livro, o seu conteúdo e a mensagem proposta pelo ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Confira!

1 – O que o fez montar o livro?

A ideia inicial para escrever esse livro partiu da experiência de trabalho com a paróquia. Estamos entrando no quinto ano como pároco e desde que cheguei eu percebi que há uma devoção muito grande à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Porém, a gente acabava repetindo muitas vezes o material devocional, as orações, a novena, no estilo que às vezes conflitava até mesmo com a liturgia diária, porque os textos bíblicos não batiam com os textos propostos para oração. Pensava que seria legal se a gente conseguisse criar um modelo de oração à Nossa Senhora que contemplasse a Sagrada Escritura e a devoção, porque, afinal de contas, a devoção mariana tem que necessariamente nos levar ao encontro com Jesus, com a Palavra de Deus.

Era apenas a oração da novena, mas quando comecei a contemplar o ícone, fui notando que ele tem muito mais coisas a mostrar, nos revelar. Não deu para ficar em nove dias apenas. Desta vez eu consegui escrever 15, mas se contemplar o ícone você vai descobrindo outros elementos. A sua proposta é ser exatamente isto: uma janela de abertura para o encontro com Deus, com a espiritualidade, com a fé.

2 – Qual o conteúdo da obra? O que as pessoas podem esperar ao ler o livro?

O conteúdo é muito simples. É a devoção à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro descrita de forma que a pessoa contemple o mistério da redenção copiosa, ou seja, Jesus, o centro da nossa redenção, o centro da nossa fé, que nos é apresentado por Maria. Todo o contexto que o livro vai ser escrito tem a ver com isso: fazer uma experiência com a Palavra de Deus, com a pessoa de Jesus e, nesta experiência, vermos como Maria nos ensina, nos educa, nos leva à experiência de fé.

Eu tive a graça de meditar a partir da experiência que é refletir a Mariologia à luz da Sagrada Escritura, desde o Antigo Testamento. Eu fui pegando personagens da história da redenção, mulheres que tiveram uma participação marcante na história do povo hebreu, na história da nossa salvação. Eu as reflito como pré-figurações da pessoa de Maria, ou seja, a ânsia de chegar o Redentor Jesus também é a expectativa de quem seria a geratriz desse Redentor, quem seria a mãe do Redentor, quem seria aquela que iria trazer-nos o Deus presente na nossa história. Em Maria nós encontramos isso como que o ponto máximo, o ápice dessas expectativas, da espera do Redentor.

O que o leitor, a pessoa que for fazer esses 15 dias de orações vai encontrar é isto: uma porta para entrar no mistério da graça de Deus contemplando a salvação, a Sagrada Escritura e trazendo isso para a sua vida pessoal.

3 – Que mensagem traz o ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro?

A mensagem do ícone é muito simples, singela, discreta: a mão direita de Maria que está apontando para Jesus. O centro do ícone é Jesus. A gente fala Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, mas o correto é dizermos Nossa Senhora, a Mãe do Perpétuo Socorro, porque ela é a mãe de Jesus. O nosso socorro perpétuo é Jesus Cristo. É Ele que nos leva à redenção, é Ele que nos garantiu a salvação, é Ele que nos garantiu entrar no mistério de Deus plenamente e entender porque Ele veio, se tornou um conosco e ao ascender à direita do Pai, levou a nossa humanidade para o seio da Trindade.

Então, Jesus é nosso intercessor primeiro diante do Pai. Nossa Senhora, como nas bodas de Caná, está presente na história, na caminhada da Igreja. Porém, a cooperação de Maria é sempre nos fazer ir a Jesus. A Palavra encarnada não é Maria; ela é a reveladora da Palavra, ela mostra, ela aponta para a Palavra, que é Jesus. Então, a mensagem central do ícone é esta: fazemos a experiência de encontro com Jesus, o encontro da Palavra de Deus através de Maria, através da nossa devoção, através da nossa oração mariana irmos abrindo o coração para que o verbo de Deus, para que Jesus Cristo se faça presente na nossa história.

A programação da Festa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro será divulgada em breve. Aguarde!

Conteúdo Relacionado
X