No dia do aniversário de dedicação da Catedral, Arquidiocese de Juiz de Fora ordena novo presbítero

Na manhã do último sábado, 12 de junho, a Catedral de Juiz de Fora sediou a cerimônia de Ordenação Presbiteral do então Diácono Transitório Ronny Moreira de Oliveira. A Santa Missa, presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, e concelebrada por dezenas de padres, recordou ainda o 33º aniversário de dedicação da principal igreja da cidade. A celebração também contou com a presença de Diáconos Permanentes e seminaristas, além de familiares e amigos do ordinando.

O rito da Ordenação Presbiteral começou após a Liturgia da Palavra e compôs-se de seis partes: a eleição do candidato, a homilia, o propósito do eleito, a ladainha, a imposição das mãos e a prece de ordenação, além da unção das mãos e a entrega da patena e do cálice. Toda a cerimônia foi acompanhada com atenção pelos pais e irmão de Padre Ronny, que optou por colocar no altar uma imagem de Jesus, o Bom Pastor, em referência ao lema que escolheu: “Cuidai de vós mesmos e de todo o rebanho” (Atos 20, 28).

“Hoje é um dia de profunda alegria, porque o Senhor confirma no meu coração, no coração da Igreja, o meu ministério presbiteral. Com todo desejo de servir, eu me coloco mais uma vez a dizer ‘sim’ ao Senhor que me chamou. É um dia de sentimentos inexplicáveis, porque a gente percebe que é a graça de Deus mesmo que atua. Nós somos tão pequenos e limitados, mas não obstante nossas fragilidades, o Senhor conta conosco, nos chama e isso se confirma neste dia”, disse o neossacerdote em entrevista. “Estou muito esperançoso no ministério que vou assumir e espero poder realmente ser no mundo sinal de Cristo Bom Pastor, acolhendo a todos, indo ao encontro de quem mais precisa e podendo desempenhar aquilo que eu escolhi como lema sacerdotal: cuidar sempre da minha integridade, da minha maturidade, para que o modo de pastorear seja cada vez mais próximo do grande, supremo e Bom Pastor, que é o próprio Cristo”, apontou.

A Ordenação Sacerdotal de Padre Ronny foi a segunda realizada este ano; no último dia 5 de junho, seu colega de Seminário, Padre Alex Francisco da Silva, foi ordenado na Matriz Nossa Senhora da Conceição, em Matias Barbosa (MG). Eles receberam, juntos, o Acolitado, o Leitorado e o Ministério Diaconal. “Padre Ronny é um amigo. Conhecemos juntos o Seminário, participamos juntos da vida eclesial da nossa Arquidiocese e celebrar a ordenação dele é um momento de muita festa, momento de agradecimento a Deus. Ele é um menino muito esforçado, é uma pessoa de Deus, e tenho absoluta certeza que será um presente para a nossa Igreja arquidiocesana”, afirmou Padre Alex.

O Arcebispo de Juiz de Fora também comemorou. “Jovem vibrante, ele queria ser padre desde criança, mas foi nos Jovens Missionários Continentais – fundado por nós depois da Jornada Mundial da Juventude de 2013 – é que ele decidiu e fez um ótimo curso no nosso Seminário Santo Antônio. Quero agradecer a Deus por mais esta dádiva; são dois padres que nós ganhamos este ano. É mais uma força para o trabalho em favor de Jesus Cristo na nossa Igreja Particular de Juiz de Fora; uma força para o Sínodo, para a evangelização do nosso povo”, ressaltou o pastor arquidiocesano.

Para o Reitor do Seminário Arquidiocesano, Monsenhor Luiz Carlos de Paula, o dia da ordenação é sempre de festa. “Nós queremos louvar e agradecer a Deus pela vocação do Padre Ronny, agradecer por toda a caminhada vocacional que ele realizou até aqui. Pedimos que o abençoe, para que ele seja o padre Bom Pastor para o povo de Deus”. A felicidade que envolveu a ordenação engrandeceu a comemoração do 33º aniversário de dedicação da Catedral de Juiz de Fora, segundo o Administrador Paroquial, Padre José de Anchieta Moura Lima. “Para nós é motivo de muita alegria a Catedral sempre ser essa igreja-mãe que acolhe a todos, e mais ainda acolher um jovem, formado pelo nosso Seminário, que na véspera da Festa de Santo Antônio foi ordenado presbítero. Nós queremos também celebrar o fato de termos uma igreja totalmente sagrada, dedicada a Deus, onde acontecem todas as festividades a nível arquidiocesano”.

Ao final da celebração, Dom Gil Antônio Moreira anunciou que Padre Ronny dará continuidade aos seus trabalhos na Paróquia São Pedro de Juiz de Fora – agora como Vigário Paroquial – e no Economato da Cúria Metropolitana. Em ambas as funções, auxiliará o Padre Liomar Rezende de Moraes. “Padre Ronny tem uma presença muito alegre, tanto na convivência com a casa paroquial, onde residimos também eu e Padre Kayo, como junto às pessoas. O seu sorriso e a sua alegria marcam muito”, contou o Ecônomo.

Primeiras Missas

O neossacerdote presidiu sua primeira Missa na manhã de domingo (13), na Matriz da Paróquia Santíssimo Redentor, no Bairro Borboleta, onde iniciou sua caminhada vocacional. Na noite daquele mesmo dia, celebrou na Matriz da Paróquia Santa Rita de Cássia, em Santa Rita de Jacutinga (MG), na qual desempenhou trabalhos pastorais por dois anos, enquanto seminarista.

Na próxima sexta-feira (18), às 19h, Padre Ronny estará na Paróquia São Miguel e Almas, em Santos Dumont (MG), e no dia seguinte (19), às 18h, na Igreja São Clemente, em Juiz de Fora. No domingo (20), às 10h, será a vez de a Paróquia Nossa Senhora da Glória receber o jovem padre, que às 19h preside sua primeira Celebração Eucarística na Matriz São Pedro.

Veja Também