Missa dos Santos Óleos reúne milhares de fiéis na Catedral Metropolitana

17285 821717721254054 2030918835421558179 n
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Por: Leandro Novaes (Folha Missionária)

Milhares de fiéis lotaram a Catedral Metropolitana de Juiz de Fora na manhã desta Quinta-feira Santa, para a Missa dos Santos Óleos. A solenidade, que foi presidida pelo arcebispo Dom Gil Antônio Moreira, aconteceu às 9h, com a participação de todos os padres e diáconos da Arquidiocese. Nesta celebração, o clero renova os votos religiosos, por ocasião da instituição do sacerdócio, celebrado na Quinta-feira Santa.

Na homilia, Dom Gil pediu licença aos presentes para falar especialmente aos padres e diáconos, ressaltando a importância do serviço eclesiástico. “Vamos renovar nossos compromissos perante Deus e a Igreja”, ressaltou. O pastor destacou, ainda, o desafio de ser padre, diácono, discípulo de Cristo e como esses obstáculos são encarados sempre com muita coragem e alegria. “Somos felizes como padres, como diáconos, pois o Senhor nos ungiu para servir a Cristo”.

Em seguida, o ponto alto da celebração; o arcebispo abençoou os Santos Óleos (óleo dos Enfermos, óleo dos Catecúmenos e óleo da Crisma), que foram entregues aos padres de todas as 90 paróquias que compõem a Arquidiocese.

Os Santos Óleos:

Óleo do Crisma: Uma mistura de óleo e bálsamo, significando plenitude do Espírito Santo, revelando que o cristão deve irradiar “o bom perfume de Cristo”. É usado no sacramento da Confirmação (Crisma), quando o cristão é confirmado na graça e no dom do Espírito Santo, para viver como adulto na fé. Este óleo é usado também no sacramento do sacerdócio, para ungir os “escolhidos” que irão trabalhar no anúncio da Palavra de Deus, conduzindo o povo e santificando-o no ministério dos sacramentos. A cor que representa esse óleo é o branco ouro.

Óleo dos Catecúmenos: Catecúmenos são os que se preparam para receber o Batismo, sejam adultos ou crianças, antes do rito da água. Este óleo significa a libertação do mal, a força de Deus que penetra no catecúmeno, o liberta e prepara para o nascimento pela água e pelo Espírito. Sua cor é vermelha.

Óleo dos Enfermos: É usado no sacramento dos enfermos. Este óleo significa a força do Espírito de Deus para a provação da doença, para o fortalecimento da pessoa para enfrentar a dor e, inclusive a morte, se for vontade de Deus. Sua cor é roxa.

Para conferir as fotos da celebração, clique aqui.

Veja Também