Missa da Unidade será no dia 1º de outubro

0

O Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, comunicou que a Missa dos Santos Óleos, que reúne todo o clero arquidiocesano, está marcada para o dia 1º de outubro, às 9h30. O anúncio foi feito durante a celebração desse 21º Domingo do Tempo Comum, 23 de agosto, na Catedral de Juiz de Fora.

Esta Missa ocorre tradicionalmente na manhã da Quinta-feira Santa, mas em 2020 não pôde acontecer em várias partes do mundo por conta da pandemia do novo coronavírus. Durante a cerimônia, são abençoados o Óleo dos Catecúmenos e dos Enfermos e consagrado o Santo Crisma – daí ser chamada de “Missa dos Santos Óleos” e “Missa do Crisma” -, que serão usados nos diversos sacramentos. É nesta celebração que os padres renovam as promessas sacerdotais pronunciadas no dia da ordenação, sendo também intitulada “Missa da Unidade”.

Dom Gil recorda que esta será a primeira vez no ano em que o clero estará reunido com o Arcebispo. “Era para fazermos esta celebração na Quinta-feira Santa, como é costume litúrgico, mas como não pudemos fazer, agora, com essa pequena abertura que temos para receber cem pessoas, nós vamos celebrar no dia 1º de outubro”. O pastor explica o motivo da escolha da data. “Outubro é mês missionário. A nossa Arquidiocese tem um lema – ‘Arquidiocese de Juiz de Fora, uma Igreja sempre em missão’ – e estamos em Sínodo, momento missionário de revisão, de atualização, de novos planejamentos para a nossa Igreja Particular. É Dia de Santa Teresinha, padroeira das missões, e é uma quinta-feira, dia eucarístico, recordando, portanto, a Quinta-feira Santa”.

Apesar de ser realizada fora do contexto da Semana Maior, Dom Gil ressalta a importância da celebração. “É uma Missa que enriquece o coração dos padres e do bispo, porque nós celebramos a nossa unidade na missão de evangelizar e de celebrar o culto divino”. A Eucaristia não será aberta à população, mas pode ser acompanhada pela internet, com transmissão ao vivo.

Conteúdo Relacionado
X