Juiz de Fora pode sediar próximo Seminário de Bens Culturais do Regional Leste 2 da CNBB

preview 2016 10 27 CBCIVitoria4 111
*Foto: André Fachetti
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

*Com informações do site da CNBB Leste 2

Uma peregrinação ao Convento da Penha, em Vila Velha, maior símbolo religioso do Espírito Santo, marcou o encerramento do IV Seminário Igreja e Bens Culturais – Evangelização e Preservação, da Comissão de Bens Culturais da Igreja do Regional Leste 2 (Minas Gerais e Espírito Santo) da CNBB. O arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, que também é o vice-presidente da Comissão para os Bens Culturais da Igreja do Regional, participou do evento.

Com o tema Arquitetura e Arte do Sagrado, o seminário chegou ao fim na última quinta-feira, 27 de outubro. No santuário, o presidente da Comissão de Bens Culturais e bispo diocesano de Oliveira (MG), Dom Miguel Ângelo Freitas Ribeiro, presidiu a Eucaristia.

preview 2016 10 27 CBCIVitoria4 032Segundo a arquiteta da comissão, Kátia Pezzin, o próximo Seminário Regional deverá acontecer no ano de 2018, em local a ser definido. A cidade de Juiz de Fora foi apontada pela Comissão como possível anfitriã pela história, riqueza das igrejas, museu de Arte Sacra, diversidade cultural e a proximidade de Petrópolis, possibilitando uma visita à essa cidade vizinha.

Cora Aguieiras, também arquiteta da Comissão, avaliou positivamente o IV Seminário, que possibilitou o conhecimento da Arquitetura Jesuítica e do Imigrante no Espírito Santo. “As palestras foram enriquecidas com história do Espírito Santo contada por alguns palestrantes”, afirma. Direito Canônico, estética, catalogação de imagens, ações e políticas públicas para a salvaguarda de Bens Culturais religiosos, também foram assuntos trabalhados no seminário.

Outras informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

Veja Também