Formação sobre o Novo Missal e eleições do FAS são destaque da Reunião do Clero

Padre Miguel apresentou atualizações sobre as atividades do Ano Vocacional

Nessa terça-feira, 16 de maio, o Edifício Christus Lumen Gentium sediou a segunda Reunião do Clero de 2023. Na ocasião, padres e diáconos, ao longo de todo o dia, receberam atualizações sobre o Ano Mariano e as atividades de toda a Arquidiocese de Juiz de Fora.

A parte da manhã foi marcada pela formação sobre a terceira edição do Missal Romano. O Padre Leonardo José de Souza Pinheiro, que atuou na CNBB como assessor para a Comissão de Liturgia nos últimos cinco anos, apresentou a importância do Missal Romano e as particularidades dessa nova edição.

“Foi uma alegria ter tido a oportunidade para falar aqui para os meus irmãos de presbitério, onde me sinto em casa e de fato estou. Oportunidade de ouvir, trocar experiências diante. Um convite para a gente acolher com alegria esse fruto do trabalho da Igreja do Brasil que certamente vai trazer muitos frutos para a nossa espiritualidade litúrgica”, contou o sacerdote em entrevista.

Entre os assuntos abordados, ainda estiveram as Visitas Pastorais, a elevação a paróquia Sagrado Coração de Jesus à Santuário no próximo mês, a programação do Ano Mariano e vocacional, a festa de Santo Antônio, além da prestação de contas do Economato. Durante a reunião, o Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, também comunicou que a primeira festa de Maria, Mãe de Igreja será no final deste mês, com participação de toda a Província Eclesiástica. A celebração será no dia 29 de maio, na Catedral, às 12h.

Comissão eleitoral e Arcebispo apresentando a situação da eleição

Entre as pautas da tarde, destaque para as eleições, que não aconteciam desde 2019 devido a pandemia. O processo de votação para a Diretoria e Conselho do Fundo Auxilio Sacerdotal (FAS), coordenado pelo Vigário Judicial, Padre Geraldo Luiz Alves Silva, foi realizado por aclamação. Uma única chapa foi apresentada e eleita.

A próxima Reunião do Clero está prevista para 22 de agosto.

Missal Romano

O Missal é o livro que contém todo o rito da santa missa e as orações que o sacerdote reza durante a celebração litúrgica. A partir do dia 3 de dezembro será obrigatório realizar as Missas com a nova edição. “Aqui no Brasil levou 19, quase 20 anos de trabalho na sua tradução do original texto, em língua latina, para o português falado aqui no Brasil”, contou Pe Leonardo.

Ele explicou que a Comissão de Liturgia da CNBB vem fazendo um trabalho junto aos cleros e que ele ainda está auxiliando nestas atividades. “Existem muitas formações marcadas ao longo do ano para apresentar a importância do Missal Romano e o que são as particularidades dessa nova edição, sempre em espírito com a reforma litúrgica imanada pelo Concílio Vaticano II”, afirmou.

O texto aprovado pela Santa Sé foi entregue em dezembro de 2022 pelo presidente e pelo o assessor da Comissão Episcopal para a Liturgia da CNBB, dom Edmar Peron e padre Leonardo Pinheiro. A aprovação foi confirmada pelo Dicastério para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos em 17 de março deste ano.

Confira os nomes dos eleitos:

Diretoria do FAS

Pe. Carlos Alberto Moreira
Pe. Elton Adriane de Oliveira
Pe. Jorge Luis Duarte
Pe. Miguel Souza Lima Campos

Conselho

Pe. Felipe de Castro Costa
Pe. José Crispim Filho
Pe. Nei Angelo Furtado Moura

Suplentes do Conselho

Pe. Alex Francisco da Silva
Pe. Cláudio Machado
Pe. Gil Condé da Silva

Veja Também