Familiares e amigos pedem doações para missionária que contraiu malária cerebral na África

0

O que seria uma viagem dos sonhos se transformou em pesadelo para a brasileira Therezinha Regina da Silva Souza, 52 anos, e sua família depois que ela contraiu malária cerebral em uma missão na África. Cozinheira, moradora de Juiz de Fora (MG), Therezinha participa há anos como voluntária de uma ação social católica vinculada à Fazenda da Esperança.

Este ano, ela foi sorteada para integrar uma missão solidária e aceitou voluntariamente o desafio de participar da fundação da primeira escola do Grupo Esperança Viva (GEV) na África. Esta seria sua primeira viagem internacional e a oportunidade de ajudar crianças de uma região ainda mais carente do que o Brasil.

Após contar com doações, ajuda de amigos e fazer todo tipo de esforço – Therezinha passou a ir trabalhar a pé para guardar o dinheiro da passagem – para reunir a quantia suficiente para a viagem, ela embarcou com um grupo de missionários no último dia 3 de outubro. Depois de passar mais de 20 dias em Dombe, Moçambique, Therezinha passou por Joanesburgo, na África do Sul, para retornar ao Brasil. Todavia, foi impedida de embarcar de volta no último dia 28, porque apresentava sintomas de malária. Passando muito mal e já apresentando perda dos sentidos, Therezinha foi internada com urgência no Arwyp Medical Centre, em Kempton Park, Joanesburgo.

O diagnóstico é de malária cerebral, a mais grave manifestação ocasionada pela infecção pelo Plasmodium falciparum, sendo responsável por elevadas taxas de mortalidade no continente africano. A doença parasitária é transmitida pela picada da fêmea contaminada do mosquito Anopheles. Portanto, o quadro de saúde de Therezinha é grave e carece de cuidados especializados.

A família e os amigos da juiz-forana se reuniram em campanha para poder arcar com o tratamento na África e trazê-la de volta ao Brasil, pois ela viajou sem seguro saúde. A família não fala inglês nem tem recursos para arcar com a assistência médica, que, até agora, já está estimada em R$ 80 mil. No momento, as informações do estado de saúde de Therezinha estão sendo repassadas pelo consulado brasileiro, visto que os familiares não têm condições de se deslocar até a África do Sul.

Os interessados em ajudar no tratamento de Therezinha podem fazê-lo de duas formas: através da vaquinha virtual promovida por seus familiares (clique aqui) ou por depósito na conta da Fazenda da Esperança:

Dados bancários:

Banco do Brasil
Obra Social N. S. da Glória
Agência: 0306-9
Conta Corrente: 62.566-3
CNPJ: 48.555.775/0001-50

Caixa Econômica Federal
Obra Social Nossa Senhora da Glória
Agência: 0306
Conta: 296-6
Tipo: 003
CNPJ: 48.555.775/0001-50

*Fonte das informações: Vakinha.com.br

Conteúdo Relacionado
X