Em Consistório público, Papa oficializa nome de novos cardeais

*Reprodução/Vatican Media

Na tarde do sábado (27), no Vaticano, o Papa Francisco presidiu o oitavo Consistório de seu pontificado, criando 20 novos cardeais. Destes, 16 têm menos de 80 anos de idade, portanto, eleitores em um futuro Conclave. Entre os novos cardeais, estão o Arcebispo de Brasília, Dom Paulo Cezar Costa, e o Arcebispo de Manaus, Dom Leonardo Steiner.

*Reprodução/Vatican Media

Também foi votada a causa de canonização de dois beatos: João Batista Scalabrini, Bispo de Piacenza, fundador da Congregação dos Missionários de São Carlos e da Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo, mais conhecidos como Scalabrinianos, e Artêmides Zatti, leigo professo dos Salesianos.

A celebração começou com o canto Tu es Petrus e o agradecimento do primeiro cardeal da lista, Dom Arthur Rocha, Prefeito da Congregação para o Culto Divino. Em seguida, o Papa pronunciou a fórmula para a criação dos novos purpurados, que juraram fidelidade e obediência ao Pontífice e seus sucessores “até o derramamento de sangue”.

Um a um eles se aproximaram da sede do Papa para receber os símbolos do cardinalato de joelhos: solidéu vermelho, barrete, anel, a bula com a atribuição do Título/Diaconia. Todos receberam o abraço da paz de Francisco, um gesto repetido logo depois pelo cardeal decano, o primeiro dos cardeais presbíteros e o primeiro dos diáconos, representando todo o Colégio dos Cardeais.

Reunião sobre Nova Constituição Apostólica

A Constituição Apostólica de Francisco sobre a reforma da Cúria estará no centro do encontro com os cardeais nos dias 29 e 30 de agosto, com sessões pela manhã e pela tarde. Ao final dos trabalhos, na terça-feira, haverá uma Missa na Basílica de São Pedro.

No sábado (27), a Sala de Imprensa da Santa Sé anunciou os detalhes sobre as participações e a organização dos trabalhos. Em um comunicado, lê-se que dos 197 atualmente considerados presentes, além dos cardeais, estarão os Patriarcas Orientais e os Superiores da Secretaria de Estado. Haverá encontros de grupos linguísticos sobre diversos aspectos do Documento, bem como debates na Sala.

*Com informações de A12.com

Veja Também