Dom Gil ordena 27º diácono permanente da Arquidiocese de Juiz de Fora

0

Na manhã do último sábado (9), o arcebispo metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, ordenou Manoel Pedro da Silva Júnior diácono permanente da Arquidiocese de Juiz de Fora. A missa, realizada na Catedral Metropolitana, foi concelebrada por diversos padres e também contou com a participação de grande parte do diaconato permanente e de seminaristas de nossa Igreja Particular.

Indicado pelo Pe. Wilson Rogério Campos Delgado para frequentar a Escola Diaconal Santo Estevão, o então acólito Manoel esteve acompanhado, na celebração deste sábado, de sua esposa, Damazia Maria Ignácio da Silva, de seus quatro filhos, Júlio César, Jonas, Josué e Juliana, e de sua mãe, Luzia Rodrigues da Silva.

O rito da ordenação foi iniciado após a leitura do Evangelho, momento em que Manoel foi considerado apto a receber a ordem do diaconato pelo diretor da Escola Diaconal, monsenhor Luiz Carlos de Paula. Depois de assumir, diante do arcebispo, sua vocação, todos os presentes pediram a intercessão dos santos de Deus pela missão do futuro diácono, que recebeu suas vestes das mãos de dois de seus filhos e de sua esposa.

Após a ordenação, o diácono Manoel Júnior destacou o caminho trilhado até este sábado e refletiu sobre a missão que terá. “Durante minha preparação, refleti sobre qual a verdadeira missão do diácono permanente. Nosso papel na Igreja é estarmos prontos para servir àqueles que precisam, principalmente os que são discriminados diante da sociedade, os marginalizados. O exemplo que Jesus deixou foi o de amar a todos igualmente, sem discriminação; a missão do diácono é também essa: amar a todos sem discriminar ninguém”.

Após ordenar o 27º diácono permanente da Arquidiocese de Juiz de Fora, Dom Gil destacou a importância da ordem do diaconato para a Igreja, sobretudo no serviço da caridade para com os pobres. “Hoje nós estamos muito felizes porque ganhamos mais um diácono permanente. O diaconato é a imagem viva de Cristo servidor, do Cristo que disse ‘eu vim para servir e não para ser servido’”.

Na ocasião, o arcebispo também deu posse aos novos integrantes do Conselho Diaconal – diáconos José Getúlio de Sá Cavalcante, Pedro Bioza de Almeida, Carlos Henrique Rodrigues e Adelmo Resende de Carvalho –, e ao novo diretor espiritual do grupo, o Pe. José Cisneiro Seabra Ramos. Permanecem no Conselho Diaconal o arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, que é o presidente do conselho, o diretor da Escola Diaconal Santo Estevão, Mons. Luiz Carlos de Paula, o Vigário Espiscopal para o Mundo da Caridade, Pe. José de Anchieta Moura Lima, e o presidente da Comissão Arquidiocesana dos Diáconos, Diác. Willian Dias da Silva. No período da tarde foi realizada a primeira reunião do novo conselho.

Clique aqui e confira as fotos da celebração.

Outras informações:
Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450

 

Conteúdo Relacionado
X