Dom Gil Antônio Moreira faz avaliação positiva da atuação dos comunicadores arquidiocesanos em 2022

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

A missão de evangelizar por todos os meios foi cumprida pela Folha Missionária, pela Rádio Catedral, pela WebTV A Voz Católica, pela assessoria de comunicação e começou a ser realizada pela Pastoral Arquidiocesana da Comunicação em 2022. A avaliação desta atuação foi o tema da última reunião da Fundação Dom Justino José de Santana neste ano.

O Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, fez uma avaliação positiva do trabalho de evangelização realizado pela Rádio Catedral ao longo deste ano. “Vimos todo trabalho durante o ano, que foi coberto de sucesso. Também [estamos] muito felizes, estamos comemorando a ampliação dos sinais da rádio; ela vai ter a possibilidade de ser sintonizada em muitas outras regiões e isso é muito bom. Nós temos constatado que a penetração da rádio vem sendo cada vez maior, cada vez mais recebida por muita gente; isso é uma grande alegria para nós e uma grande satisfação, ver que esse veículo de comunicação da arquidiocese que tem como vocação evangelizar levar conceitos de humanidade para todos também informação espiritual tem conseguido seus objetivos”.

Dom Gil destacou também a atuação da WebTV A Voz Católica, em especial, na divulgação da Visita Ad Limina. “Também a nossa WebTV termina o ano com um saldo positivo, de crescimento, deu um grande apoio a visita Ad Limina, servindo assim a Igreja em todo Regional Leste 2 e Leste 3”.

O Arcebispo falou também sobre as mudanças no trabalho da Comunicação e agradeceu a todos que trabalham nesta área na Arquidiocese. “Nós fizemos uma reestruturação da pastoral da arquidiocese depois do II Sínodo. Um dos itens importantes foi justamente a criação da pastoral da comunicação. Vamos ter agora a presença de comunicação em todas as paróquias, que era nosso objetivo, e um conselho formado representando nossas 12 foranias. Agradecemos a Deus e a todo o pessoal que trabalha nessa área em toda a arquidiocese.”

O Vigário Episcopal de Comunicação, Diretor da Rádio Catedral FM e secretário da Fundação Dom Justino, Padre Antônio Camilo de Paiva, apontou os desafios dos comunicadores arquidiocesanos para evangelizar na sociedade atual. “Estamos dando uma cara, um rosto para a comunicação da Arquidiocese. A cada dia que passa tem novidades, as novidades são boas porque elas empolgam, essa noção de estar fazendo diferente o tempo todo. Nós queremos isso, estar na dinâmica da sociedade, na dinâmica da cultura, na dinâmica do evangelho e saber interpretar os sinais do tempo presente. Então, comunicar numa cultura líquida, comunicar numa cultura híbrida é o nosso desafio e estamos aí cada vez mais provocados pelas mudanças do tempo”.

Fonte: Site da Rádio Catedral de JF

Veja Também