Diácono Emerson é ordenado sacerdote e seminaristas recebem Ministério do Leitorato neste sábado (9)

0

Este sábado, 9 de março, será um dia muito importante para a Igreja Particular de Juiz de Fora: um novo sacerdote será ordenado e quatro seminaristas receberão o ministério do Leitorato. Ambos os ritos ocorrerão durante Celebração Eucarística na Catedral Metropolitana, às 9h30. A missa será presidida pelo arcebispo, Dom Gil Antônio Moreira, e concelebrada por dezenas de padres do nosso clero.

*No dia 1º de março, Emerson fez, diante do arcebispo, profissão de fé e juramento de fidelidade

Na ocasião, será ordenado presbítero o diácono transitório Emerson de Assis Braz. A preparação para receber o Sacramento da Ordem é feita desde a ordenação diaconal, realizada em 3 de novembro de 2018, e se intensificou nas últimas semanas. Há cerca de quinze dias, o futuro padre participou de retiro espiritual no Carmelo São José, em Três Pontas (MG), sob a orientação do Padre Cássio Barbosa de Castro.

“Lá, pudemos viver um retiro muito mais marcado pela vivência. Me senti como muitos que recorrem ao Carmelo, muitos que lá vão buscar um pedaço de pão, um pouco de comida; ou outros que vão buscar uma oração, uma bênção. Também ali fui para buscar um pouco da graça de Deus, beber da fonte da graça de Deus que lá jorra em abundância. Também o Padre Cássio, por sua espiritualidade apurada, me ajudou muito nesses últimos dias a fazer um discernimento difícil, que é a preparação para a ordenação presbiteral, mas belo”, conta Emerson.

Já os dias que antecedem a ordenação presbiteral estão sendo marcados por tríduo vocacional, realizado na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes – onde o diácono nasceu e cresceu na fé – e na Paróquia Bom Jesus do Matozinhos – onde ele passou os últimos dois anos. Na quarta (6) e quinta-feira (7), foram realizadas missas na Matriz de Bom Jardim de Minas (MG) e na Capela Santa Clara, localizada no Bairro Milho Branco.

Nesta sexta-feira (8), a celebração do último dia do tríduo será na Matriz Nossa Senhora de Lourdes, no Francisco Bernardino, às 19h. Na paróquia do interior, haverá, às 18h, oração das Mães que Oram pelos Filhos.

O lema de ordenação

Para seu lema de ordenação sacerdotal, Emerson escolheu trecho do Salmo 39: “Eis que venho fazer, com prazer, a Vossa vontade, Senhor”. O diácono transitório conta o que o levou a optar por essa passagem bíblica. “Desejo servir a Igreja com alegria, com aquilo que meu lema de ordenação sugere. Com prazer, fazer a vontade do Senhor, certo de que quero, com as pessoas, ser um companheiro, amigo e irmão, para podermos buscar juntos a vontade de Deus. Precisamos nos colocar a caminho para buscar Aquele que é a verdade e a vida. Então, com alegria desejo viver com as pessoas, com o povo de Deus, em busca da vontade do Senhor. Certamente, a vontade d’Ele é o amor. Em tudo, nós devemos servir a amar”.

A ansiedade pelos dias que virão é amenizada pela presença de Deus em sua vida. “De fato o caminho a ser percorrido, os passos a serem dados após a ordenação presbiteral, nós não sabemos, mas confiamos na graça de Deus. Às vezes, o temor ronda o coração, mas a alegria é ainda maior. O temor vem, mas sabemos que o companheiro de caminhada é certo, que é Jesus”, ressalta.

Primeiras missas

As primeiras missas do Padre Emerson serão realizadas em sua paróquia de origem. No domingo, dia 10 de março, o recém ordenado sacerdote presidirá celebração na Capela Santa Clara às 8h e, às 19h, na Matriz Nossa Senhora de Lourdes.

Ministério do Leitorato

*Da esquerda para a direita, os seminaristas João Carlos, Kayo, Leandro e Rafael

Neste sábado (9), João Carlos Ventura de Oliveira, Kayo Cerqueira de Paiva, Leandro de Senna Monaia e Rafael Lúcio da Silva Damasceno receberão o Ministério de Leitor, primeira e importante etapa na caminhada de formação para o sacerdócio. Na Quinta-feira Santa, dia 18 de abril, durante a Missa dos Santos Óleos, os quatro seminaristas receberão o Acolitato.

Enquanto o Leitor tem a função de proclamar a Palavra de Deus durante a Liturgia, o Acólito serve ao altar, podendo distribuir a Comunhão em casos extraordinários. Ambos os ministérios são conferidos pelo (arce)bispo, através de rito litúrgico próprio.

Conteúdo Relacionado
X